BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, fevereiro 29, 2016

Todo mundo odeia a Glória Pires. Só que não!

Não se fala noutro assunto: só dá Glória Pires.

#SomosTodosGlóriaPires
Há tempos que a Rede Globo vem tentando encontrar um humorístico à altura do que foi o "Sai de Baixo", final dos anos 1990, para as noites de domingo. Nada deu certo até agora, por mais que eu ache que o "Vai que Cola", do Multishow, cairia muito bem. Enfim, o Oscar 2016 com Glória Pires me fez ficar grudado na TV até as duas da manhã. Glória foi incrivelmente mal-humorada, engraçada, monossilábica e sincera. Aparentemente, a atriz parecia pouco à vontade como comentarista da maior premiação mundial do cinema.
Bastaram poucos minutos no ar para que Glória Pires virasse a rainha dos memes daquela noite. Não sobrou pra ninguém e a emissora não pode nem reclamar, pois até os que não suportam ver a transmissão pela TV aberta (Globo!) buscaram o canal para acompanhar os comentários lacônicos da maior atriz brasileira.
Quando perguntada sobre algo, Glória dizia: "Gostei muito", "Achei justo", "Gostei médio", "Muito bom de assistir, bastante acessível" etc. 
Quando Maria Beltrão perguntou se Lady Gaga abocanharia a estatueta por melhor canção, Glória Pires fez o melhor bordão de tempos da TV: "Não sou capaz de opinar". Fantástico!
Sendo o ator Silvester Stallone o favorito na categoria melhor ator coadjuvante, Glória deu pulos de alegria quando a Academia escolheu Mark Rilance: "Fiquei felicíssima!".
Supersincera, a atriz não escondeu de ninguém quando não havia visto algum filme (no caso, foi alguns!): "Não assisti", "Não vi".
A estreia de Glória Pires como comentarista do Oscar foi bacana.
Glória foi diva. Virou meme. Virou muitos memes. Glória virou mito. A atriz ofuscou até mesmo o Chris Rock, que estava muito bem.
O efeito Glória Pires no Oscar tomou tamanha proporção, que a própria teve que vir a público e esclarecer algumas coisas para o público: "Amei os memes, muito criativos". "É claro que vi a maioria dos filmes", sentenciou. Nunca a celebração de um Oscar foi tão comentada no Brasil.

A seguir os melhores memes de Glória Pires no Oscar 2016:


"FAZ MAIS UMA PERGUNTA MARIA BELTRÃO, SÓ MAIS UMA"

"Gloria, e aquele cara que você pegou na balada nesse final de semana?"

Teve ainda:

gloria o q vc achou do quarto de jack? - eu achei q tava bem bagunçado




Veja o vídeo que Glória Pires postou na internet:




Se foi intencional o despreparo de Glória na transmissão do Oscar, o resultado foi alcançado. Foi uma das transmissões mais comentadas da história da Globo. A audiência foi alta: 9 pontos em plena madrugada de domingo para segunda. 

A lista dos vencedores:

Melhor filme: Spotlight - segredos revelados.
Melhor ator: Leonardo DiCaprio (O Regresso).
Melhor atriz: Brie Larson (O quarto de Jack).
Melhor diretor: Alejandro G. Iñarritu (O regresso).
Melhor animação: Divertida Mente.
Melhor filme estrangeiro: Ofilho de saul (Hungria).
Melhor trilha sonora: Os 8 odiados.
Melhor roteiro adaptado: A grande aposta.
Melhor roteiro original: Spotlight - segredos revelados.
Melhor design de produção: Mad max: estrada da fúria.
Melhor fotografia: O regresso.
Melhor figurino: Mad max: estrada da fúria.
Melhores efeitos visuais: Ex machina.
Melhor montagem: Mad max: estrada da fúria.
Melhor atriz coadjuvante: Alicia vikander (A garota dinamarquesa).
Melhor ator coadjuvante: Mark rylance (Ponte dos espiões).
Melhor edição de som: Mad max: estrada da fúria.
Melhor mixagem de som: Mad max: estrada da fúria.
Melhor curta de animação: Bear story (Chile).
Melhor curta de live action: Stutterer.
Melhor cabelo e maquiagem: Mad max: estrada da fúria.
Melhor documentário: Amy.
Melhor documentário de curta-metragem: A girl in the river: the price of forgiveness.
Melhor canção original: Writing’s on the wall - Sam Smith (007 contra Spectre).

Sobre este post:

Qual será a próxima resposta da Glória Pires? ( ) Curti ( ) Merecido ( ) Bacana ( ) Não assisti
    * Glória pode ser vista no canal VIVA na reprise de 
    Mulheres de Areia (1993).
    * Dia 28 de março, a Globo reestreia Anjo Mau (1997).



quinta-feira, fevereiro 25, 2016

Senta lá, Cláudia, João, Maria, Terezinha, Marcio, Rodrigo, Ana, Paulo, Lucas, Mateus, Joice etc (!)



É moda nas redes sociais pegar alguém pra Cristo. Que o diga a cantora Cláudia Leitte e a apresentadora Xuxa. A pergunta que não quer calar: elas merecem ser apedrejadas em público? Falar mal das duas se tornou divertido,  mas é desumano. 

  1. Senta lá, Cláudia!
  2. A Xuxa disse isso nos anos 1980 e a frase virou meme.
  3. Cláudia Leitte sofre na internet.
  4. A última envolvendo seu nome se refere à biografia que iria lançar com dinheiro do Governo.
  5. Cláudia foi metralhada!
  6. Cláudia desistiu do projeto.
  7. Em meio à crise que o Brasil está passando, acharam o cúmulo dos cúmulos os R$ 356 mil reais doados ao projeto.
  8. Eu concordo e não concordo.
  9. Concordo que muita gente está morrendo nos hospitais por falta de médicos, remédios etc.
  10. Concordo que muita gente está passando fome. Fome zero? Ninguém mais cai nessa, né?
  11. Concordo que a segurança no Brasil está uma lástima. Polícia neste país não é respeitada.
  12. Concordo que a educação no Brasil continua muito fraca. Professor neste país não é bem visto.
  13. Concordo que político nenhum quer que isso mude.
  14. Concordo que toda essa gente envolvida nos escândalos da Lava-Jato, Petrobrás, Pré-sal etc. vai continuar impune. 
  15. Concordo que toda essa gente envolvida nos escândalos da Lava-Jato, Petrobrás, Pré-sal etc. vai continuar no poder.
  16. Concordo quando dizem que o Lula-lá e a Dilbosta continuarão a rir às custas do povo.
  17. Concordo quando dizem que o Seu Cunha vai continuar rindo também.
  18. Concordo quando dizem que os três, um dia, vão ser fotografados juntos num almoço de cinco mil reais.
  19. A corrupção não vai acabar.
  20. Todos esses escândalos vão acabar em pizza.
  21. Mas a verba direcionada para a Cláudia Leitte é para cultura.
  22. Tudo bem, mas tinha quer ser para uma biografia?
  23. Entendo tudo isso, só não concordo em crucificar uma artista pelos erros dos políticos.
  24. Xuxa também sofre.
  25. Xuxa é velha. Xuxa é lésbica. Xuxa é o menino americano. 
  26. Falar mal da Xuxa e da Cláudia virou diversão.
  27. Mas elas são ricas.
  28. Por isso, precisam suportar tudo isso?
  29. Precisam pagar pelo vexame que virou o Brasil?
  30. O Brasil está no lixo!
  31. Em 1988, Odete Roithman já nos havia alertado.
  32. Nunca as frases de uma personagem de novela foram tão atuais.
  33. O Brasil não tem solução?
  34. É utopia achar que sim?
  35. Enquanto ficam berrando nas redes sociais que a Cláudia e a Xuxa são umas vadias.
  36. Os vadios de verdade nos roubam, na cara dura.
  37. Por que não brigar com eles?
  38. Por que não berrar com eles?
  39. Onde foram parar aquela multidão que gritava "ordem e progresso"?
  40. Xuxa não tem o pacto com o Diabo.
  41. Apenas trabalhou.
  42. Cláudia não recebeu propina.
  43. Elas não se chamam Aécio, FHC, ACM, Sarney (o clã inteiro), Lula, Dilma, Cunha etc.
  44. Vamos parar de atacar quem não tem nada a ver com a merda que se encontra o Brasil.
  45. No Big Brother Brasil 16, Renan acusou Ana Paula de patricinha.
  46. Ela nunca trabalhou.
  47. Nunca precisou.
  48. Disse que ele trabalha desde os dezoito anos.
  49. Deu a entender que isso faz dele mais digno do que ela.
  50. É isso?
  51. Quanto mais ferrado na vida, mais digno a gente é?
  52. Se for sim, sentem lá, Cláudias!
  53. E parem de reclamar!
Pode isso?

Resposta da Xuxa:
"Hahahaha gente muda o plano pra me sacanear ... Pois esse num cola mais.. Quem entrar no meus insta ou face no dia do meu pgm pra falar mal de mim .. Vai ser BA-NI-DO ... bando de gente sem o que fazer"

segunda-feira, fevereiro 22, 2016

Adnet e os remanescentes do Comédia ao vivo MTV.

Ele não para.
Marcelo Adnet, Dani Calabresa e Tatá Werneck. Ainda lembro deles nas esquetes do "Comédia ao vivo MTV", há uns poucos anos atrás.
Tatá estreou na Rede Globo como a Valdirene de "Amor à Vida", 2013. 
Dani esteve no CQC, na Band, e agora é a estrela do (novo) "Zorra". 
Adnet estreou no "Dentista Mascarado". Foi mal. Apareceu no "Fantástico". Foi mal.
Tatá ainda brilhou como apresentadora no "Tudo pela audiência", do Multishow.
Dani foi cotada para apresentar o "Vídeo Show. Disse 'não'!
Adnet estreou o "Tá no ar".
Tatá ainda fez "I Love Paraisópolis" e está confirmada para a nova das sete. Ainda no Multishow, arranca muitas risadas na pele de um(a) taxista no Vai que cola!
Dani continua firme no "Zorra" versão 2016, com estreia marcada para abril.
Adnet estrela a terceira temporada do "Tá no ar, a TV na TV", o melhor programa de humor da Globo. Mostrou sua veia cômica, tão enaltecida na MTV.
Adnet mostrou ainda que, além de engraçado, é muito inteligente.
Adnet não para.
Adnet fez sucesso na "Escolinha (nova geração)". Com a Dani.
Adnet continua no "Tá no ar" (uma próxima temporada acaba de ser aprovada).
Adnet vai ganhar um talk show, nos moldes de Jô Soares.
Adnet não para. Ainda bem!
Adnet, recentemente, andou comentando que gostaria de refazer o "Chaves".
Assista:

Big Brother #16 (Ana Paula não pode sair, pelo bem do programa)

Ana Paula é a protagonista do atual Big Brother da Globo.

O primeiro Big Brother assisti com os olhos vidrados. Com o segundo, com o terceiro, com o quarto e com o quinto também foi desse jeito. Aliás, todo mundo parava para ver. Vai esconder o jogo?
Depois enjoei. Fui voltar a ver em 2010, aquele em que o vencedor foi o Marcelo Dourado!
Depois, ânsia e mais ânsia. 2016: voltei a ver e desde o genial paredão falso estou adorando. Gostei muito da Ana Paula como Mara Maravilha (A Fazenda). É a mais autêntica do programa, talvez a única. 
Depois do reality número 5, nunca mais torci pelo bonzinho: o vencedor daquele ano se mostrou aqui fora um lobo em pele de cordeiro.
Com certeza, a Ana Paula não vai ganhar o prêmio: a maioria ainda torce pelos cordeirinhos, mas eu não culpo ninguém por isso. O Brasil é um país que enaltece os mocinhos. Sempre foi assim! É um jeito de diminuir as dores reais que sentimos dia após dia, graças aos verdadeiros lobos do poder.
O BBB se reinventou. Agradou, pelo menos por enquanto, porque se a ordem cronológica das coisas prosseguir normal, vou passar mais uns anos de cócoras na privada (ARGH!). Olha ele!


A Regra do Jogo, últimas semanas

História de Domingas, interpretada muito bem pela atriz Maeve Jinkings, foi deixada de lado. Autor perdeu a chance de discutir a violência doméstica e colocar no ar um bom conto de fadas.
A Regra do Jogo não foi a melhor novela das nove, também não pode ser considerada a pior, mas o autor (J. Emanoel Carneiro) nem pareceu o mesmo que escreveu Avenida Brasil e A favorita, as minhas prediletas dos últimos dezesseis anos.
A derrapada com a doença de seu protagonista, ele está mais saudável do que nunca, a saída da espetacular Cássia Kiss, o casal principal (cha)Tóia e Juli(anta) que não aconteceu, o fenômeno bíblico da concorrência, tudo isso culminou para que A Regra do Jogo tivesse uma das piores médias do horário de todos os tempos. Faltando menos de um mês para seu término, somente consegue garantir média superior a 30 pontos, se nesses dezoito capítulos restantes ultrapassar a marca de sessenta pontos em todos eles, ou seja, não há nenhuma possibilidade de isso se tornar realidade. Entretanto, não é que a novela das nove deu um salto na audiência. Pulou dos 25 para os 35. A Regra desde dezembro mudou. Para melhor.
José de Abreu como o Pai da facção se mostrou crudelíssimo. É o grande vilão da TV da atualidade. 
Tony Ramos conseguiu a virada de seu personagem e está ainda mais incrível.
Giovanna Antonelli é Atena, para mim, a melhor personagem da trama.
Alexandre Nero está bem.
Vanessa Giácomo é ótima atriz, mesmo encarando um purgante. A 'nova' Tóia melhorou. 
A trupe de Marcos Caruso é boa, mas não faria falta nenhuma.
Uma pena o desaparecimento de Carol Dieckmann, ela estava muito bem. Foi apenas uma participação especial, mas tinha fôlego para bem mais.
A família de Nora (Renata Sorráh) é chata.
Menos a Belisa. Que grande atriz é a Bruna Linzmayer. Quando ela estreou em Insensato Coração (2011) já tinha dado a entender que ia brilhar. Só que eu cheguei a achar que a Lancelotti iria mais longe. Olha a minha surpresa? Uma grata surpresa!
O casal vinte é o César/Rodrigo e Domingas (Carmo Della Vecchia e Maeve Jinkings). Mais por ela, do que por ele. Que atriz espetacular. Pena que o autor deixou a história dos dois de lado.
As últimas semanas de A Regra do Jogo deu um quê a mais ao horário nobre, mesmo todos os erros da novela.
Ainda assim, está valendo.

sábado, fevereiro 20, 2016

O primeiro papel de Carolina Dieckmann como Chatolina Dieckmann na TV: Camila de Laços de Família, na grande (re)estreia da semana. E mais: bronca para o canal VIVA, da Globosat

Assisti aos dois primeiros capítulos de Laços de Família (Viva, 23:45), e parei ali, não vou continuar. Acho injusto este horário. Pior será acompanhar Mulheres de Areia. A trama de 1993 vai ao ar no horário vespertino, com reprise uma e meia da manhã. 

  1. Os dois primeiros capítulos foram chatos. Juro, gostei muito dela em 2000, mas foram dois capítulos em que houve muita conversa, e bem pouca ação (bem pouca mesmo).
  2. Se eu tiver essa mesma impressão de Por Amor um dia, acho que enlouqueço.
  3. Vera Fischer era tão linda. Deu uma certa saudade, apesar de eu não considerá-la tão boa atriz assim.
  4. Carolina Dieckmann em seu primeiro papel como Chatolina Dieckmann.
  5. Havia me esquecido de quanto ela era chata. (Ok! eu sei que quando ela ficar doente, vou adorá-la outra vez). Nos anos 2000, Carol fez muitas personagens chatas e combinado à perseguição do Pânico (Sandálias da humildade, Redetv), isso se tornou um tanto verdade. Com Fina Estampa, a Globo tratou de melhorar a sua imagem.
  6. A querida Lara (personagem de Carol na atual novela das nove da Globo) tirou essa impressão, ou seja, conseguiram.
  7. Reynaldo Gianecchini melhorou muito. O Edu era um tanto didático. Pelo menos, foi o que pareceu.
  8. Marieta Severo como Alma é igual à Marieta Severo como Fanny (Verdades Secretas, 2015), ou Marieta Severo como Loreta Vilela (Pátria Minha, 1994) e/ou Marieta Severo como Elvira (Deus nos Acuda, 1992). Não quero dizer que não goste dela como atriz, mas suas vilãs são muito parecidas.
  9. Que idiota a personagem Yvete (Soraya Ravenle). Não teve uma vez que ela entrou em cena e não reclamou que o marido não comparece às vias de fato. Come ela, Viriato!
  10. Sinceramente, ela merecia ter ficado sozinha no final. Ela ficou? Eu não lembro!
  11. Giovanna Antonelli de 2016 está tão gata como em 2000.
  12. José Mayer em seu auge: como o garanhão cinquentão.
  13. Li esses dias que a Íris foi o primeiro personagem de destaque de Deborah Secco: foi um grande crítico de TV que mencionou isto. Não concordo. Deborah estreou em Confissões de Adolescente (Band/Cultura) num papel bem legal; fez sua estreia na Globo como filha de Susana Vieira em A Próxima Vítima, apareceu em Vira-lata, Zazá, Era uma vez... e todos os personagens eram bons. Nada igual à Íris, lógico, mas o divisor de águas de Deborah na TV foi a Marina de Suave Veneno, um ano antes. Quem lembra?
  14. Tony Ramos estava perfeito como o suave Miguel.
  15. Xuxa Lopes como ela mesma. Não é um elogio.
  16. Enfim, para quem continuar assistindo Laços, boas novas: com o tempo, a trama só melhora.
P.S.: quanta saudade da Regiane Alves


segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Anjo Mau com Glória Pires no lugar de Caminho das Índias

Anjo Mau, remake de 1997/98, vai ocupar a faixa do Vale a pena ver de novo a partir de março, em substituição à novela Caminho das Índias, de Glória Perez. Em se tratando de Globo, nada está 100% confirmado, sendo que a emissora pretendia levar ao ar A Favorita, de 2008. A história de Maya e Raj deve terminar com uma audiência próxima dos 14 pontos, inferior aos sucessos dos anos 1990: O Rei do Gado (2015) com 17 pontos e Mulheres de Areia (2011) com 16. Sobre o retorno de Anjo Mau, listo vários motivos de que a Globo está optando por um possível acerto:

  1. Glória Pires é a babá Nice.
  2. A trama em 1997 marcou 33 pontos de média.
  3. A reprise em 2003 27.
  4. Os embates de Glória Pires e Alessandra Negrini eram de arrepiar.
  5. Poderemos rever Regina Dourado, José Lewgoy, Cláudio Corrêa e Castro, Sérgio Viotti, Ariclê Perez.
  6. A amizade de Nice e Ricardo era verdadeira.
  7. Cheguei a torcer por eles.
  8. O elenco é de primeira: Glória Pires (de novo), Maria Padilha, Daniel Dantas, Lília Cabral, Alessandra Negrini, Leonardo Brício, Taís Araújo, Mauro Mendonça, Gabriel Braga Nunes, Beatriz Segall, entre outros.
  9. Foi uma das melhores novelas de Mauro Mendonça.
  10. Era a estreia de Samara Felippo e Luciano Szafir.
  11. Era uma adaptação de uma obra de Cassiano Gabus Mendes.
  12. A Nice versão 1997 era má.
  13. Igual à versão dos anos 1970.
  14. Mas os tempos eram outros.
  15. As traquinagens da vilã foram bem aceitas pelos telespectadores.
  16. Todos torciam por Nice.
  17. Nice virou um anjo bom ao longo da novela.
  18. Nice fingiu, foi ardilosa, maquiavélica, diabólica etc.
  19. Nice sofreu todas as consequências.
  20. Nice vai conquistar você.
  21. De novo!
Nos anos 1990, muitas tramas marcaram época. Sonho Meu, Cara & Coroa e Explode Coração nunca foram reprisadas. São boas opções. 
Há ainda: Renascer, Quatro por Quatro,  Por Amor etc.

sábado, fevereiro 06, 2016

53 itens sobre o "Xuxa Meneghel" (sugestões, críticas, boas novas). Tudo sem precisar chochar a Xuxa, a produção e a Record!

O forte marketing em torno da 'nova' Xuxa não rendeu o que a TV Record esperava. Houve, por parte dela, um comprometimento pleno com o programa que leva seu nome, mas faltou aquele algo mais. Adotei as críticas por tópicos, porque fica mais fácil para pincelar minha opinião, caso isso incomode alguém, por favor, estou sujeito às mudanças. Sempre.

  1. Assisti a praticamente todos os programas até agora.
  2. Gostei de alguns.
  3. Todos os que eu gostei foram apresentados ao vivo. Poucos foram os que eu gostei de verdade, mas eu gostei. Mesmo.
  4. Portanto, sou doutor no quesito "Xuxa".
  5. Xuxa como menino americano?
  6. Não me incomodo com isso. Me incomodo com a falta de conteúdo.
  7. Ao vivo seria sim o essencial. Gugu pode. Xuxa não pode. Por quê?
  8. Aliás, falando em Gugu, tomara que Ignácio Coqueiro (de tramas como Mulheres de Areia (Globo), muitas da Record e o responsável pelo sucesso de Rodrigo Faro aos domingos) não peça para a Xuxa abrir o túmulo de ninguém.
  9. Que Xuxa não seja obrigada a fazer suspense com alguma coisa que tenha dentro de uma caixa.
  10. Marcelo Adnet fez isso muito bem. Mas só ele sabe e pode fazer isso!
  11. Xuxa foi boa entrevistadora na época do Planeta Xuxa.
  12. No TV Xuxa ora acertava, mas era algo raro.
  13. Na Record isso nunca aconteceu.
  14. Sendo o "Xuxa Meneghel" um talk show, isso é uma vergonha.
  15. Falta mais humor ao "Xuxa Meneghel".
  16. Falta entrevistas com conteúdos.
  17. Música ao vivo.
  18. Podia apostar em algo diferente.
  19. Criar coadjuvantes.
  20. Furo MTV com Xuxa e Porchat ao vivo como um quadro. Cópia, eu sei. Mas seria divertido.
  21. Um game de perguntas. Estilo Show do Milhão, algo em torno de Quem sabe mais, o homem ou a mulher, com grandes prêmios em dinheiro. Bem elaborado, algo sério.
  22. Nada contra quem não gosta da Xuxa, até porque há coisas na Xuxa que eu também não gosto.
  23. Mas ela está aprendendo a rir de si mesma. Aos poucos, mas está!
  24. Só que ninguém pode dizer que ela apela para ter audiência.
  25. Não que nunca tenha apelado, às vezes isso até aconteceu, no próprio "Xuxa Meneghel", todavia, perto de seus colegas de profissão chega a ser irrisório.
  26. Xuxa continua sendo a melhor apresentadora, domina a arte como ninguém, mas a falta de um bom redator, de uma produção mais antenada, de pautas mais concisas, tudo isso faz de seu programa algo xoxo (com x mesmo).
  27. Não vou chochar a Xuxa.
  28. Mas quero um programa melhor.
  29. Porque sou um telespectador assíduo.
  30. E também não quero ser mais um a abandonar o barco.
  31. Força Xuxa!
  32. Força Ignácio Coqueiro.
  33. E que a TV Record não deixe vazar brigas internas.
  34. É feio!
  35. E vai contra a própria emissora.
  36. E chega de toc-toc!
  37. Cansou!
  38. Chega de concursos bobos.
  39. Chega de entrevistas tolas.
  40. Chega de ser mais do mesmo.
  41. Chega de ser menos.
  42. Vamos ser mais!
  43. Sucesso ao programa.
  44. E que todos os envolvidos estejam mesmo envolvidos. TODOS!
  45. Xuxa não precisa ser a Hebe. Eu adorava a Hebe.
  46. Xuxa não precisa ser a Ellen.
  47. Não conheço muito a Ellen.
  48. Xuxa não precisa copiar o Ratinho.
  49. Eca! Mas eu gosto do Ratinho. É bom comunicador. O programa só é bom com o Jornal Rational, só!
  50. Xuxa também não precisa ser ao vivo, desde que não tirem sua espontaneidade.
  51. Xuxa é isso.
  52. Xuxa é espontaneidade.
  53. Xuxa, basta ser Xuxa! 
Que tal Xuxa morena?
Xuxa fica brava com isso, mas todo mundo quer ela do jeito que a acha mais bonita. Mas que ia fazer um barulho positivo ia.
OK! Fica ruiva! Isso seria algo inédito.

Boa sorte.

Falar o que pensa, para o bem da pessoa etc. não é chochar, né?

A Família Buscapé de Eta Mundo Bom! é disparada a melhor coisa no ar na TV atualmente

As novelas das seis costumam sempre ser as melhores, e nos últimos três anos, basicamente elas dominaram. Walcyr Carrasco como autor das sete, argh!, não gosto muito. Apesar de ser melhor do que muitas do horário, Caras e bocas e Morde e assopra não chegam nem aos pés do que ele pode fazer no horário das onze, das nove e, principalmente, das seis.
Eta mundo bom! é prima de O cravo e a rosa, que tem parentesco com Chocolate com pimenta, que é irmã de Alma gêmea. Todas elas simples e gostosas de ver. 

  1. Sérgio Guizé como Candinho é um quê de Mazzaroppi.
  2. É o melhor ator da novela.
  3. A parceria com Marco Nanini, JP Rufino e o burro é perfeita.
  4. A turma da Fazenda é minha preferida.
  5. Elizabeth Savalla está imperdível como Dona Boca de Fogo.
  6. Ops! como dona CU-NE-GUN-DES. Como ela mesma diz: "Cunegundes é um nome de rainha!". Ah tá!
  7. Ary Fontoura como o marido submisso é outro que dispensa comentários.
  8. Rosi Campos parece uma boneca, é espevitada e encalhada. E engraçada!
  9. Camila Queiróz me conquistou de vez.
  10. Mafalda, por ora, é romântica, mas tem boas tiradas. Está incrível.
  11. Flávio Migliaccio é outro que só diverte.
  12. As empregadas interpretadas por Duh Moraes e Jennifer Nascimento aderem ao núcleo cômico de forma majestosa.
  13. Bem como Miguel Rômulo e Anderson di Rizzi. Perfeitos.
  14. Há ainda Bianca Bin, Tarcísio Filho, Eliane Giardini, Ana Lúcia Torre, Débora Olivieri, Nathália Costa, Arthur Aguiar, David Lucas, Kléber Toledo e Marianna Armellini. Ótimos!
  15. Não gostei de Flávia Alessandra. Muito igual a tudo que ela já fez até aqui na TV.
  16. Idem Eriberto Leão.
  17. Rodrigo Andrade deveria ter sido escalado para o personagem de Eriberto Leão. Passou da hora de darem aquela chance para ele. Tem brio.
  18. A protagonista Débora Nascimento ainda é uma incógnita. Ora gosto muito, ora a detesto.
  19. Priscila Fantin é outra que ora gosto, ora detesto.
  20. Melhor novela no ar atualmente. Linda!


Além do tempo, último capítulo

Mesmo com um atraso de um mês, acho correto listar o que gostei e o que não gostei nos momentos finais de Além do Tempo, uma linda novela das seis tantas vezes bem elogiada aqui e em tantos outros blogues, sites etc.

  1. Alinne Moraes e Rafael Cardoso: sintonia perfeita.
  2. Irene Ravache foi a responsável pelas maiores emoções sentidas por mim. A melhor atriz da novela. 
  3. Dispensável o 'sequestro' de Alex (Kadu Schons). 
  4. O elenco mirim esteve espetacular. Todos eles.
  5. O lembrete para a intérprete de Bianca. Flora Diegues teve que se ausentar por conta de uma cirurgia. Ela operou um aneurisma e não pode retornar à trama.
  6. Paolla Oliveira mandou muito bem.
  7. Júlia Lemmertz muito mais.
  8. Louise Cardoso mais ainda.
  9. Destaque para Ana Beatriz Nogueira e Felipe Camargo.
  10. Aliás, ninguém deveu nada em termos de interpretação.
  11. Faltou contar mais sobre a temática do espiritismo, e menos flash backs.
  12. As vozes durante os créditos da novela foi uma boa tacada.
  13. Inês Peixoto conheci só agora, e já gostei dela.
  14. O último capítulo repetiu o mesmo desfecho da primeira fase.
  15. Toda a segunda fase ficou dependendo da primeira, portanto, achei natural.
  16. Mas eu gostei da segunda fase, mesmo assim.
  17. Vai deixar saudades.
  18. Parabéns Elizabeth Jhin.
  19. Parabéns Rogério Gomes.
  20. Parabéns a toda equipe.