BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, dezembro 31, 2012

;)

31 de dezembro de 2012, bom dia! Boa tarde, boa noite! É que não sei a que horas você ali daquele lado vai estar lendo (e talvez nem seja hoje, pode ser em qualquer um desses novos dias que virão). O ano em si foi muito difícil, bem exaustivo, e divertido também. Ri bastante! E me cerquei de pessoas que me fizeram rir, aliás, aí vai um bom conselho: fique perto só das pessoas que te deixam feliz. Ame bastante. Eu mesmo sempre me jogo de verdade numa relação. Outra dica.
Assisti muitos filmes bons e outros ruins - Uma linda mulher vi umas cinco vezes só este ano - ok! Uma linda mulher é bem gay, mas minha sexualidade é bem definida já - posso ver Julia Roberts sem me preocupar com os dizeres dos outros e no mundo em que estamos seria no mínimo ridículo apresentar tal desrespeito a orientação sexual de uma pessoa.
Em 2013 vou me casar. (Meio sem graça) Obrigado a todos os que sorriram pra mim agora e desejaram parabéns. E aos que pensaram "coitadinho dele, nem sabe onde está se metendo" eu entro junto na zoação "Cara, ninguém sabe, mas eu vou tentar, eu tenho que tentar". Mas o ano que passou não foi fácil, tinha muita coisa pra arrumar, e tem coisa que nem está terminada ainda, mas vai dar tudo certo.
Na tevê assisti Avenida Brasil, Mulheres de areia, A vida da gente, não perco por nada a Xuxa, me traz de volta as lembranças de um mundo que eu não sei aonde foi parar, só sei que é bem distante daqui, talvez tenha que crescer, mas eu não quero, gosto desse sentimento de paz, amo o lúdico, amo o amor, nasci para amar, e ser amado, claro, óbvio, não tenha dúvidas! Quando dá vejo o Chaves, ultimamente bem pouco por causa de Lado a lado, e apesar de muita gente não gostar ainda vejo o Fantástico e vejo o Silvio Santos também quando o show da vida insiste em não ter nada de interessante. Pânico não me faz falta, é qualquer coisa.
Aprendi a gostar de Guns n' roses por causa de uma pessoa bonitinha que entrou em minha vida - mas quando estou com ela implico com o som deles, só pra deixá-la irritada. Ela fica muito bonita quando fica brava. E eu sigo rindo, daquele jeito. Vi Julie & Julia e adorei! virou até um post aqui. Meryl Streep e Glória Pires são duas joias raras. Não gosto mais do Faustão, do Luciano Huck. Deixei de gostar de tanta gente. Com a Alanis a paixão só aumenta. Perfeita!
Tudo isso é só pra dizer que mesmo os posts andarem bem escassos por aqui - vou voltar com força total em 2013 e que eu vou ser muito feliz que nem o Edward e a Vivian foram. Chegamos ao clichê. É inevitável, eu sei. Mas tratando de sentimentos, tudo se resume a isso: clichê. Não sei como expressar de outra forma sem usar esses termos meio melosos e ridículos. Feliz 2013 pra você ali do outro lado. Dance bastante viu! Brinque com seu cachorro! Brinque com seu gato! Eles são um antibiótico fortíssimo contra o estresse. Namore. Faça sexo. Muito sexo. Com segurança, por favor. E seja amigo das pessoas. Elas vão reconhecer. E se não reconhecerem, não importa, cada instante é sempre. Quem estará perdendo são só eles. Beijos,


 (Mr. TV)

terça-feira, dezembro 25, 2012

Até quando?

Não! Não é um ataque à Rede Globo de Televisão, e nem uma repulsa ao apresentador Luciano Huck - mesmo eu ter desacreditado dele como pessoa - mas depois de você ver esse vídeo (logo abaixo) o que você tira de conclusão com tudo isso? Em dia de Natal, onde todo mundo banca uma de bom moço (ou boa moça), a gente percebe o mundo capitalista e cruel em que vivemos. Muito triste.
A heroína em questão se chama Thafne - mostrou que só com conhecimento podemos enfrentar o Poder Público - mesmo que ainda estejamos arriscando nossas cabeças. Se você não andar na linha, eles farão quem está ao seu redor acreditar que só eles estão certos. Uma monstruosidade!
Eu gosto muito de televisão - mas não virei escravo dela, podem acreditar! Sou muito crítico, muito desconfiado - claro! já devo ter caído um montão de vezes no que eles queriam que o povo acreditasse ser a melhor coisa a fazer - óbvio que muita coisa é para benefício deles, só deles. Por isso tomemos cuidado com aquilo que a gente absorve. Nada é por acaso.

P.S.: também não vamos generalizar, tem coisa boa indo pro ar. Todavia, a gente conta nos dedos.

Feliz natal.


segunda-feira, dezembro 24, 2012

Feliz natal


s2

sábado, dezembro 22, 2012

Eliana é a rainha do domingo

Ela começou a carreira de apresentadora tendo como meta as crianças. Nunca chegou ao patamar de uma Xuxa, o que é algo inalcançável, mas se engana quem pensa que a loirinha Eliana não tem seu poder: a mocinha voou longe na carreira. Em meados dos anos 2000, trocou o mercado infantil pelo adulto, a rainha dos baixinhos luta até hoje para conquistar esse espaço, uns gostam outros odeiam - com Eliana foi diferente. Apesar de não gostar do formato do seu programa no SBT - a atração leva o seu nome - é inegável o sucesso da comunicadora. Até quem não gosta dela tem que admitir: ela chegou lá.
Muito de sua hegemonia na condição de apresentadora para o público maior de idade vem do fato dela nunca ter sido a maior entre as crianças: talvez isso explique o fato da outra loira sofrer uma certa aversão do público. Ambas são talentosas. As duas têm carreiras consolidadas. Xuxa é o maior nome do showbizz nacional, há quem aposte que nunca haverá uma mulher como ela na TV, mas foi Eliana quem mais se aproximou de Hebe. Aliás, Eliana é a nova Hebe da TV, não há dúvidas. Até porque Xuxa é a Xuxa, não precisa ser comparada com mais ninguém. Tudo bem! vou parar de puxar a sardinha pro lado da Rainha, afinal! a resenha é dedicada somente a loirinha dos dedinhos. E ela merece todos os elogios.
Eliana se tornou um nome tão forte no concorrido domingo que a "rival" Ana Hickmann foi obrigada a sacrificar o Tudo é Possível, que na versão original era comandada pela queridinha de Silvio Santos. Ana é massacrada todos os domingos pelo SBT. O apresentador Augusto Liberato que concorre diretamente com o Programa Eliana que o diga: a duras penas consegue empatar com a loira. Isso quando consegue. Ultimamente, a Record está tendo que se acostumar com o terceiro lugar no horário.
A força de Eliana é sentida também na Rede Globo. Sua média costuma ser de 8 pontos, podendo a chegar a 12 de pico. Só para se ter uma ideia, quando o The Voice Br, um fenômeno nas tardes da emissora carioca, era apresentado mais cedo, costumava marcar 16 pontos ou mais. Com o fim do Campeonato Brasileiro, o reality passou a ser exibido mais tarde, portanto já pegava o programa da apresentadora com mais de uma hora e meia de exibição, perdera 3 pontos significativos na audiência, mesmo estando nos episódios derradeiros. Eliana pode ser considerada um fenômeno sim e se estivesse na Globo daria muito mais audiência que o Fausto Silva, com toda a certeza. A popularidade da moça é mil vezes maior que a do apresentador do Domingão do Faustão.
Eu mesmo já reclamei um tantão da Eliana - muito pelo hábito de colocar qualquer coisa no ar em nome de uns pontinhos no Ibope - porém, nunca deixei de salientar o quanto a apresentadora cresceu como artista: um talento. E mesmo a Globo convocando a ótima Regina Casé na grade dominical, é da loira do SBT o posto de Rainha dos domingos. Sem mais.



sexta-feira, dezembro 21, 2012

The end de Como aproveitar o fim do mundo e Suburbia

Quando o Ernani (Danton Mello) e a Kátia (Alinne Moraes) surgiram há algumas semanas eu rosnei, os autores do projeto Fernanda Young e Alexandre Machado pareciam nos mostrar o mais do mesmo e o primeiro episódio foi quase uma releitura de Os Normais, o maior sucesso deles. Aos poucos, Como aproveitar o fim do mundo foi tomando forma. E agora, pergunta se eu gostei do último episódio da série? Não só gostei, como estou com muita saudade do seriado, no balanço geral, o programa foi incrível. 
O fim do mundo não aconteceu, nem na telinha nem na vida real, ainda bem, o que ficou de bonito foi a mensagem: aproveitar cada dia como se hoje fosse o último dia. Sentir a cada segundo as sutilezas que a vida nos dá. Ver o valor das pequenas coisas da vida. Das coisas gostosas, como um arrepio talvez.
Alinne Moraes esteve perfeita. Danton Mello é outro que nos premiou com uma linda performance. Adorei. Adorei tudo. E palmas aos autores que conseguiram se desvencilhar de Os Normais. E olha que eu achava isso algo impossível. Bravo, bravíssimo!
Como aproveitar o fim do mundo foi boa pela leveza que tratou o assunto. Certamente não ganhará uma segunda temporada - e nem deveria - tiraria todo o seu prestígio e ao som de Elton John profetizou uma nova data para o término do mundo. Será em 2014. Provavelmente em junho. Ok!

******

Logo depois foi ao ar o último episódio de Suburbia. A história da menina sofrida trouxe o lúdico nos capítulos iniciais - e como eu gostava dessa fase - e foi tornando-se muito densa nos derradeiros - e precisava ser desse jeito mesmo. Conceição (Érika Janusa) era uma menina que vivia um sonho, mas a realidade nua e crua a tornou forte e valente, sem, claro, destruir a sua essência. Foi lindo. O episódio final apostou alto na religiosidade. Gostei! O seriado tem tudo para ganhar uma segunda temporada. Tomara! 

segunda-feira, dezembro 17, 2012

Ellen Oléria é a campeã do The Voice Brasil

Ela é negra! Ela é homossexual! Ela é gorda! Mentira se nenhum de nós não pensamos em algum momento sobre isso. Nós tachamos sim. O País é preconceituoso. E é uma pena sermos assim. Arrumemos tudo isso então. Ela é gorda sim! Mas que sorriso - e que linda ela é! Não sou homossexual, mas acho legal como o mundo está tendo que abrir os olhos para a diferença. O que importa, acho eu, é ser feliz. E duvido que alguém não rosnou quando leu "Mãe de Ellen e namorada". Incrível a posição da Globo. Muito mais incrível a posição dos telespectadores. Lindos, lindos. Por fim, ela é negra. E como nós precisávamos de uma negra cantora. Assim, desse jeito, como Ellen Oléria, a vencedora do The Voice Br é. Espetacular! A grande voz do programa. Veio para ficar, graças a Deus!
Adorava a todas as finalistas - ainda adoro! Gostava muito da Maria Cristina, e ainda gosto. Mas ninguém canta como a Ellen. Ela canta com a alma. Os gestos são todos sinceros. Uma diva. Ela sorri quando canta, ela vive aquele momento como se fosse único - e é e digo mais, a gente acredita nela.
The Voice Br terminou com um saldo positivo. Mostrou que para se ter talento, não importa classe social, cor, raça, orientação sexual, nem que você esteja fora dos padrões de beleza de uma Gisele Bundchen. Ellen me conquistou pelo coração, e claro, pela sua VOZ, incomparável.
Bravo Rede Globo pelo programa lindo. E de joelhos à mais nova joia rara da nossa música.Palmas, palmas. Muitas palmas! Ellen nos mostra que todos nós podemos chegar lá. Muito obrigado!

quarta-feira, dezembro 12, 2012

Retrospectiva 2012

A apresentadora Xuxa é a artista mais amada do Brasil, segundo a revista CONTIGO.
Janeiro: Rede Globo estreia o Vídeo Game, com André Marques, na tentativa de impulsionar a audiência precária de Malhação. Só piorou. Foi tirada do ar às pressas. Ainda na Rede Globo, o diretor Mário Meirelles é o novo diretor de Xuxa. As mudanças feitas por ele para o TV Xuxa agradam os fãs. Estreia Dercy de verdade, um sucesso protagonizado por Heloísa Perissé e Fafy Siqueira, e Brado Retumbante, com Domingos Montagner, ambas às 23h.
O ator Ashton Kutcher brinca de surfar em meio a uma enchente. A realidade nua e crua dos brasileiros.
Ai se eu te pego, canção de Michel Teló, ops! não é dele, vira mania mundial. Argh!
Na Bandeirantes, Adriane Galisteu estreia o Muito Mais. O programa não vinga e é cancelado meses depois. Estreia o Mulheres Ricas, também na Band. Agradou.
Evaristo Costa faz uma piadinha para Sandra Annemberg durante o Jornal Hoje. Os dois ganham as redes sociais. Veja.

Fevereiro: Reynaldo Gianecchini vem a público e anuncia que está curado do câncer. Notícia é festejada. 
Rede Record faz sucesso com a minissérie Rei Davi. Porém, ao longo do ano, a história já foi reprisada inúmeras vezes. Acabou cansando.
Na Globo, estreia As Brasileiras, um sucesso capitaneado por Daniel Filho. A atração contou com estrelas do estirpe de Fernanda Montenegro, Glória Pires, Juliana Paes, Ivete Sangalo e Xuxa, entre outras.
 A re-reprise de Mulheres de Areia, em seu último mês, conquistou médias superiores a 18 pontos, nostalgia pura. 
Morre Witney Houston.
Revista Contigo! aponta a atriz Sofie Charlotte como o novo furacão da TV. What?
As atrizes Ana Beatriz Nogueira, Marjorie Estiano e Fernanda Vasconcellos emocionam o público das seis da tarde. Talentosas. No SBT, tem a reestreia de Maria do Bairro.

Março: Termina A vida da gente, de Lícia Manzo, sucesso de crítica e aclamada por muitos fãs. Marjorie Estiano se consagra no papel de Manu. Linda. Estreia Amor eterno amor, com tema espírita. Autora Elizabeth Jhin não obtém o mesmo sucesso de Escrito nas estrelas, de 2010, mas a novela ainda assim não é de todo ruim.
É o último mês de Fina Estampa. Christiane Torloni vive seu pior desempenho na TV, Tereza Cristina não assustava nem criancinhas e ficou a mercê do sucesso de Marcelo Serrado (Crô), a única coisa que prestou naquela novela. 
Vai ao ar o último capítulo de Mulheres de Areia. É substituída por Chocolate com Pimenta, que não agrada os telespectadores do horário.
Estreia a melhor novela do ano, Avenida Brasil, de João Emanoel Carneiro. A atriz mirim Mel Maia interpreta a menina Rita e para o Brasil. Emoção pura. Ísis Valverde enlouquece os homens na pele da periguete Suellen.
A apresentadora Angélica anuncia que está grávida.
O R7, portal da Rede Record, anuncia Xuxa como a mulher mais rica dentre as famosas. Sua fortuna é avaliada em 700 milhões.
Lília Cabral ganha todos os prêmios de melhor atriz por conta de Griselda de Fina Estampa. Não mereceu, sendo que Glória Pires, Marjorie Estiano e Ana Beatriz Nogueira foram bem melhores em 2011.
Acaba mais uma edição do BBB. Reality fatura mais de 500 milhões para os cofres da Globo.
Morre Chico Anysio.
Vai ao ar Louco por elas (Globo), uma série muito divertida com um elenco ímpar: Glória Menezes, Eduardo Moscovis e Deborah Secco.
Urgente: Casseta e Planeta vai fundo na bosta! 

Abril: vai ao ar o último capítulo de Vidas em Jogo, é a última novela de sucesso da Rede Record. Máscaras, de Lauro César Muniz, decepciona por conta de uma história confusa e chata. 
Morre a atriz Marly Bueno. 
Aquele Beijo termina sem grande alarde, enquanto sua sucessora Cheias de Charme vira mania nacional. Taís Araújo. Leandra Leal, Isabelle Drummond e Cláudia Abreu conquistam as Rádios de todo o país num feito inédito. Às 21h, Adriana Esteves conquista o Brasil na pele de Carminha. E uma pergunta não queria calar, afinal quem era a mocinha, Carminha ou Nina (Debora Falabella)?
O roteirista Grant Morrison, criador do Batman, numa entrevista à revista Playboy, disse que o super-herói é gay.
Beyoncé é eleita pela revista People a mulher mais bela do mundo.

Maio: Rede Globo sobe um degrau - é a segunda maior emissora do mundo, perdendo apenas para a ABC
Mundo: Alanis Morissette lança um novo cd, após anos afastada. Guardian, nome do álbum, é um sucesso. Jennifer Lopes desbanca a Oprah e é a celebridade mais poderosa do showbizz neste ano. Madonna estreia sua nova turnê com figurinos que lembram a nossa rainha dos baixinhos.
Xuxa, aliás,  declara no Fantástico que fora abusada sexualmente quando criança. Houve quem se compadeceu e quem não acreditou em nada do que ela falou. A apresentadora foi acusada de querer se autopromover. Verdade ou não, Xuxa foi responsável por inúmeras denúncias contra abusos sexuais.
Estreia Carrossel. A novela do SBT estremece a audiência do JN, da Globo, assim como a primeira versão, de 1991. Fenômeno.
Estreia o SNL, com Rafinha Bastos. A nova atração da Redetv derrapa no Ibope: contabiliza 0,9 ponto de média.

Junho: estreia Gabriela, cravo & canela com Juliana Paes no papel que foi de Sônia Braga na versões de 1975 e do cinema.
Kristen Stewart é a atriz mais bem paga de Hollywood.
Fátima Bernardes estreia o seu Encontro na Rede Globo. Público a rejeita de início, mas nos meses seguintes, programa vai tomando forma. Chega ao final de 2012 como líder de audiência.
Xuxa, em uma luta inglória, entendeu que não tem como brigar contra sua história e a tecnologia. Amor estranho amor, a fruta proibida na história da maior celebridade do Brasil chocou, e ainda choca (o alvoroço maior é por culpa dela mesma, afinal, todos queriam saber o porquê dela não querer que mais ninguém assistisse o tal filme).

Julho: estreia com sucesso o Na Moral, programa de Pedro Bial.
No Fantástico, Rosane Collor cobra melhorias em sua pensão para Fernando Collor de Mello. Detalhe: ela considera um absurdo os dezoito mil reais que recebe. 
O trapalhão Mussum, morto em 1994, vira febre nas redes sociais.
TV Xuxa revive os anos 80 na televisão. 
A vingança de Nina (Debora Falabella) alavancou a audiência do horário nobre. A frase "me serve, vadia" torna-se hit no Facebook.
Kristen Stewart é flagrada com diretor. Aqui no Brasil com o sucesso da novela das nove, Robert Pattinson recebe o apelido de Tufão Gringo, por conta do personagem de Murilo Benício.
Reestreia Maria Mercedes, pelo Sbt.
Começam as Olimpíadas, exclusividade da TV Record.
Ana Paula Padrão menciona o Jornal da Globo ao invés de Jornal da Record. Riu da situação.

Agosto: No programa Bem Amigos da SporTV, Galvão Bueno discute com o comentarista Renato Maurício Prado. Ele pede demissão após isso. 
Maitê Proença é ovacionada por conta de sua Sinhazinha de Gabriela. Giovanna Lancelotti, Marcos Pigossi e Rodrigo Andrade também.
Ainda em Gabriela, Laura Cardoso e José Wilker estão na boca do povo. Jesus Maria José e Eu quero lhe usar são os bordões mais repetidos do ano.
Miley Cyrus radicaliza: aparece de cabelo curto e esquisita. Ninguém gostou.
Xuxa pinta os cabelos de preto. Ficou linda. Embolsou dois milhões para isso, mas doou a quantia.

Setembro: morre Michael C. Duncan, o John Coffey de À espera de um milagre
Vai ao ar o último capítulo de Amor eterno amor. Estreia Lado a lado, uma linda novela, mas a audiência não gosta.
Estreia o The Voice Br, um sucesso de crítica e audiência.
Retorno de Da cor do pecado amarga baixos índices de audiência. Bem feito.
Robert Pattinson perdoa escapadinha de Kristen Stewart. Há quem desconfie que esse amor é marketing. Será?
Vai ao ar o final de Cheias de Charme.
É o mês de nascimento de Eva, filha de Angélica e Luciano Huck.

Outubro: estreia a sem graça Guerra dos sexos.
A última volta pela Avenida Brasil: novela parou o País, literalmente.
Juliana Paes é eleita pela VIP a mais sexy do mundo.
Roberto Carlos volta a fazer sucesso com a música Esse cara sou eu, trilha de Salve Jorge, que faz sua estreia também este mês.
Termina a novela Gabriela.
Na Record estreia Balacobaco, novela mantém os baixos índices de Máscaras.
Morre a atriz Regina Dourado.
Sandy faz sucesso com a música "Aquela dos 30".

Novembro: Salve Jorge derrapa no Ibope e a culpa recai sobre Nanda Costa. Injusto! A atriz está muito bem na pele de Morena. Globo estreia Como aproveitar o fim do mundo com Alinne Moraes no papel principal e Suburbia, do diretor Luiz Fernando Carvalho.
Lady Gaga visita o Brasil e joga bola e toma cerveja em favela. Aplausos. 
Morre Marcos Paulo.
Regina Duarte comemora 50 anos de carreira e continua sendo a namoradinha do Brasil, título, aliás, que ninguém tasca.
O Astro leva prêmio de melhor novela no mundo.
A novela Renascer, de 1993, faz o canal Viva subir para o primeiro lugar na TV Paga e coloca em xeque as reprises da Globo.
Diretor de Xuxa, Mário Meirelles insulta telespectadores de Pica-Pau, pede desculpas, cancela twitter, mas Record aproveita a deixa para fazer sensacionalismo.
Na Bandeirantes o apresentador do Brasil Urgente, José Luis Datena, vira super-herói por um dia ao salvar família de sequestro.
TV Globo anuncia o fim dos programas de Renato Aragão e do Casseta & Planeta.

Dezembro: Os Simpsons se muda para a Bandeirantes. Boa!
TV Xuxa volta aos anos 90. 
TV Globo reestreia o Esquenta, com Regina Casé.
Reestreia A Usurpadora, pelo Sbt.
Record entrevista Guilherme de Pádua, o assassino da atriz Daniella Perez, morta em 1992 com 19 estocadas no peito. Revoltante!
Corinthians é o novo campeão mundial: venceu o Chelsea por 1 a zero. Parabéns.
The Voice elege Ellen Oléria a nova voz do Brasil. Linda.
Morre Thelma Reston.
Um detalhe importante: o mundo não acabou!


(Aguardem atualizações).











  

quinta-feira, dezembro 06, 2012

Os melhores do ano, versão 2012

Eles chegaram despretensiosos, queriam apenas mostrar trabalho, inovaram, se superaram, atraíram para si todos os comentários, os melhores comentários, ganharam status, ganharam todas as bençãos possíveis do público brasileiro. Aplausos, muitos aplausos! A seguir, os melhores do ano, versão 2012.

Quer rever a versão 2011, clique aqui. A de 2010 você poderá encontrar aqui e a de 2009, adivinhem? Aqui!

Melhor novela: Avenida Brasil estreou com a missão de segurar a audiência de Fina Estampa, não só conseguiu como explodiu no país. A história de Carminha e Nina foi a sensação do ano, no twitter, no Facebook, blogues, bares, filas de banco, não se falava em outra coisa.
O último capítulo de Avenida Brasil fez o PAÍS parar: só para se ter uma ideia, na tumultuada São Paulo não se viu carros circulando nas ruas na hora da novela. A trama minuciosa de João Emanuel Carneiro garantiu a ele o título de melhor autor da atualidade, tanto é verdade, que incomodou o ego do colega Aguinaldo Silva, aquele que se acha a última bolacha do pacote. Nunca na história houve uma novela como Avenida Brasil.

Menção honrosa: Cheias de Charme, Globo, 19 horas.

Melhor atriz: ela não foi o primeiro nome a ser pensado para viver a Carminha, de Avenida Brasil. Antes dela foram cogitadas Alessandra Negrini e Eliane Giardini. Nada contra essas duas atrizes, mas Avenida Brasil nada seria sem a monstruosidade com que Adriana Esteves (FOTO), a atriz do ano, a interpretou. Carminha era o cão chupando manga, mas quem não se divertiu com ela? Quem, por ora, não se comoveu com sua história? Adriana receber o título de melhor atriz do ano não é culpa da Rrrrita não senhor! é por puro merecimento dela mesma, muita saudade de seus gritos,  seus risos, sua cara de deboche e da cara de raiva.

Menção honrosa: Cláudia Abreu (Chayene de Cheias de Charme).

Melhor ator: herói de novela não é coisa fácil, e o Tufão de Avenida Brasil tinha tudo para se tornar um bundão, com o perdão da palavra, e não é que Murilo Benício deu aquele toque todo especial, enfim! todo mundo torceu pelo ex-craque do Divino Futebol Clube e do Flamengo. Murilo Benício, o melhor ator do ano. 

Melhor atriz coadjuvante: Jesus Maria José, a expressão ainda está bem fresquinha na memória dos brasileiros, Dona Dorotéia, interpretada lindamente por Laura Cardoso, a carola que pintava e bordava em defesa da moral e dos bons costumes foi um dos nomes mais fortes da novela Gabriela. No final descobriu-se que a beata já tinha sido quenga e atuava com o nome de guerra de Dodô Tanajura. Foi divertidíssimo.

Menções honrosas: Ísis Valverde (Suellen de Avenida Brasil) e Maitê Proença (Sinhazinha de Gabriela).

Melhor ator coadjuvante: Vá se arrumar, que eu quero lhe usar virou hit na internet, graças a interpretação perfeita de José Wilker, um ator que quando quer rouba todas as atenções pra ele, bravo! Coronel Jesuíno marcou história.

Menção honrosa: Juliano Cazarré (Adauto de Avenida Brasil).

Melhor série de tevê: nunca havia rido tanto com A Grande Família como neste ano. Tapas & Beijos é outro produto incrivelmente bom. Subúrbia me conquistou, a história da moça que sai da miséria e vai morar na cidade do Pão de Açúcar é linda, mas nenhuma delas supera Louco por Elas, uma série gostosa de se ver, divertida no ponto e suave e despretensiosa como uma sitcom deve ser. 

Humorístico: apesar de não ver com tanta frequência, e nem sentir falta desse tipo de humor, é inegável o sucesso do Pânico, agora na Band. As tiradas do Jornal do Bóris garantiram muitos risos no ano de 2012, uma pena são os quadros esdrúxulos que eles insistem em colocar no ar, essas sim, sem nenhuma graça e o pior, constrangedoras. Por isso, não merecem o prêmio. O melhor humorístico do ano fica com o Comédia MTV ao vivo. Não viu ainda? Acredite, está perdendo muita coisa. Aliás, depois que você assistir Marcelo Adnet e companhia, Pânico vira qualquer coisa, mesmo! 

Melhor programa infantil: não tem nada de bom para as crianças na TV, a não ser o velho Chaves, que pinta e borda no SBT. Atração mexicana que domina a vida dos brasileiros. Merecido!

Melhor programa de auditório: Amor & Sexo, a última temporada, aliás, foi tudo de bom. 

Melhor programa feminino: apesar das falhas inicias, o Encontro com Fátima Bernardes é uma boa pedida para as manhãs. Muito bom.

Atriz cômica: Glória Menezes, a dona da história de Louco por Elas, incrivelmente engraçada. 

Ator cômico: Rodrigo Santana é a alma do Zorra Total, a única coisa que presta naquele programa, aliás. 

Surpresa: o The Voice Br conquistou o Brasil. Eu não perco um programa. Viciou!

Menções honrosas: Thiago Leifert, Daniel, Cláudia Leite, Carlinhos Brown e Lulu Santos, todos ótimos.

Melhor apresentador de TV: Silvio Santos. Não é preciso comentar mais nada.

Melhor apresentadora de TV: Xuxa. Pela união de carisma, talento e presença de palco. Linda!

Menções honrosas: Angélica (Estrelas) e Fernanda Lima (Amor & Sexo).

Melhor telejornal: este ano o JN, a dobradinha William & Patrícia deu certo.

Melhor âncora de telejornal: vai para a Renata Ceribelli. Juro que eu não acreditava muito dela, agora, Fantástico sem a voz impactante dela não é mais o show da vida. Parabéns.

Melhor programa de esportes: vai para o Globo Esporte de São Paulo. Bom frisar que é o de São Paulo. Quem mora em outro estado, vai saber do que estou falando.

Reality Show: Eca! Que difícil. Mulheres Ricas. Pronto. Mulheres Ricas é reality show né?

Melhor enlatado: Dois homens e meio, do SBT.

Inesquecível: Hebe Camargo. Ainda dói né? A entrevista com o Jô junto com a Nair Bello ainda é a minha preferida. Saudades.




segunda-feira, dezembro 03, 2012

Os piores do ano, versão 2012

Em 2011 optei por não listar os piores - nem os melhores do ano. Apenas resumi num único post (bem pequenino). Aqui. Em 2009, você acompanha aqui e em 2010, aqui. A versão 2012, a seguir.

Em tempo: aceito reivindicações, gosto disso! mas sejamos todos educados, como manda o figurino.

Pior novela: Quando anunciaram Máscaras como a nova novela da Record, pensei: "É do Lauro César Muniz, vem coisa boa por aí". Me enganei, a trama foi esdrúxula, nada tinha sentido, e para quem acompanhou os primeiros capítulos, como eu, tinha que segurar os olhos abertos e evitar os bocejos. A pior novela do ano, sem dúvidas. "Não me sinto injustiçado, não. Ao contrário me sinto “justiçado” – cometi um erro grave e estou pagando por isso. É uma pena que eu tenha errado em minha última novela. “Máscaras” vai para meu rol de equívocos como “Os Gigantes”.  Eu gostaria de acordar desse pesadelo", disse o autor na época.

Pior atriz: Ela já demonstrou em teatro e TV que é uma atriz de mão cheia, mas em Máscaras, da Record, Míriam Freeland estava perdida. Como uma moça bipolar, teve momentos em que parecia apenas uma iniciante esforçada imitando aquele clichê de moça louca. Foi irritante.

Pior ator: Rodrigo Lombardi como o Théo de Salve Jorge está péssimo, mas não tão ruim como foi Fernando Pavão, também de Máscaras. Fernando conseguiu ser o ator com menos expressão do ano, aliás, verdade seja dita, nunca foi grande coisa na profissão, mas na falta de grandes galãs, a Record arriscou alto e claro, deus com os burros n'água. Bem feito.

Pior atriz coadjuvante: Só mesmo a Glória Perez para insistir em Vera Fischer, essa senhora é um robô ambulante, não convence, mesmo em tramas célebres como Laços de Família e O Clone enxergamos a falta de talento da atriz, claro! que nessas eram totalmente disfarçadas pela beleza da miss Brasil de 1969.

Pior ator coadjuvante: Antônio Calloni por interpretar mais uma vez o mais do mesmo. Um desperdício para a carreira dele, e muito cansativo para nós, telespectadores. Pagou o pato.

Pior série de TV: Apesar de toda a superprodução em cima de Fora de Controle, do autor Marcílio Moraes, não agradou, teve média de 6 pontos de audiência. Tentaram o mesmo sucesso que CSI, mas foi um fiasco.

Pior humorístico: Casseta & Planeta vai fundo ladeira abaixo. 

Pior atriz cômica: Maria Melilo. Tenho certeza que não preciso comentar mais nada.

Pior ator cômico: Silvio Guindane pelo Zé Maria de Balacobaco. Se o personagem em si já é chato, juntá-lo mais uma vez com a Dona Jura (O Clone) foi o estopim. Sem graça.

Pior programa infantil: TV Globinho é apresentado só aos sábados, mas é o tipo de programa que ninguém mais sabe que existe, muito fraco em sua elaboração, foi só perdendo destaque na Globo. Pudera né? Culpa total da emissora que não investe pesado nos produtos infantis. 

Pior programa de auditório: Tudo é Possível, com Ana Hickmann (FOTO) consegue ser mais chato que o Superpop da Luciana Gimenez. Ruim demais da conta, investe em concurso de piadas, tal e qual o extinto Show do Tom. Já deu o que tinha que dar.

Pior programa feminino: A Record anunciou o Programa da Tarde como o diferencial na TV brasileira. Não foi. É uma cópia mal feita do Hoje me dia, da mesma emissora e já apresentado por Ana Hickmann e Brito Junior, os grandes nomes desse projeto. Promove barracos à la Sônia Abrão, investe em fofocas à la Adriane Galisteu, mas se coloca como cult para a massa. Não é. É muito mais ruim que o A Tarde é Sua, da Rede TV e o Muito Mais, programa que foi rifado na Bandeirantes. 
Em tempo: a falta de criatividade é tanta que o nome do programa é o mesmo apresentado anos atrás por Maria Cândida.

Argh! Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes. É muito melhor ir ver o filme do Pelé com o Chaves nesse horário.

Pior apresentador de TV: Brito Junior devia mesmo é voltar a ser repórter. Escaparia de tantos micos que vem promovendo na mídia. Muito ruim.

Pior apresentadora de TV: Se enganou quem pensou que Ana Hickmann seria a escolhida, apesar dela não ser tudo aquilo não, mas tem gente bem pior, é o caso da Dani Albuquerque, que graças a Deus, os diretores da RedeTV a deixaram na geladeira. Menos mal.

Pior jornalístico: Primeiro Jornal, da Bandeirantes, consegue ser pior que o Brasil Urgente, da mesma emissora, com o detalhe que esse breca na audiência.

Pior âncora de telejornal: Geraldo Luís, do Balanço Geral da Rede Record. Uma tragédia.

Pior programa de esportes: O Globo Esporte Regional tirou todo o sabor do Globo Esporte que noticiava os times do Rio e de São Paulo, as elites do futebol brasileiro. 

Pior reality show: Se A Fazenda já era ruim, A Fazenda de Verão chegou para superá-la. O fraco desempenho se deve também a Rodrigo Faro, que há tempos eu canto por aqui que ele não passa de um herói de novelas água com açúcar das seis. 

Pior enlatado: A série Todo mundo odeia o Chris, em todos os horários da Record, cansou. Também aprendi a odiá-lo.

Menção honrosa: VPVN da Globo: as re-reprises de Chocolate com Pimenta e  Da Cor do Pecado derrubaram o bom ibope conquistados por O Clone e Mulheres de Areia, ano passado.


Semana que vem, a lista dos melhores do ano de 2012. Aguardem.



Globo cogita encurtar a novela Salve Jorge por causa da baixa audiência: 30 pontos de média geral até agora, nove a menos que Avenida Brasil


                        Um turbilhão de emoções. O ano foi relativamente ruim para quem torce para o Palmeiras. Logo no ano em que eu comprei o livro do São Marcos, ops! eu ganhei o livro - é muito bom (São Marcos de Palestra Itália, Celso de Campos Jr). Fluminense é o campeão do ano, ok! Papai está muito feliz! Alguém tem que estar, graças a Deus. E é só futebol. Mas dói. Se dói. 
Salve Jorge não é ruim, acreditem! (Repararam que aqui o assunto flui, do Palmeiras já engatei na novela das nove, futebol, novela, duas paixões, está tudo bem, agora seguimos). Todo mundo não está gostando da Nanda Costa na novela. Todo mundo é muita gente, arrumemos a frase. Quase todo mundo não gosta da Morena. Morena foge completamente do estereótipo de mocinha "virgenzinha" e doce e sem graça. Assustou. Ela foi mãe aos catorze anos, pra uns uma vadia. As pessoas estão iniciando a vida sexual mais cedo, isso é uma verdade. Considero Morena uma guerreira, mesmo esse significado hoje em dia estar bastante equivocado. É forte! Morena é menos vadia que a Jade (Giovanna Antonelli), a heroína mais lembrada das tramas de Glória Perez. A Jade saia com todo mundo. Não perdoava isso nela. Ainda não perdoo.
Assim como o Palmeiras, Salve Jorge atravessa um momento difícil, a diferença está no elenco: a novela consta com mais de 80 atores, e muitos são estrelas que podem ser comparadas com o Fred (Fluminense), Lucas (Sâo Paulo) e Neymar (Santos). Giovanna Antonelli, Nívea Maria, Eva Todor, Nicette Bruno, Ana Beatriz Nogueira, Cristiana Oliveira, Cláudia Raia, Letícia Spiller, Suzana Faíni, Flávia Alessandra, Cléo Pires, Dira Paes, Natália do Valle e Carolina Dieckmann, só citando as mulheres. Talvez ali está o erro. O Palmeiras caiu para a série B do campeonato brasileiro por não conter estrelas à altura da série A, Salve Jorge peca por ter muitas estrelas, demasiadamente. Não há espaço para todo mundo. Não dá para ter só atacante de ponta num time. Dá um nó na garganta ver Cristiana Oliveira interpretando um papel que poderia ser de qualquer atriz secundária. E Salve Jorge peca por não ter uma vilã ao estilo Carminha (Adriana Esteves). Lívia (Cláudia Raia) é ruim, mas devia provocar meio mundo, não deveria ficar só focada no tráfico de pessoas. Morena e Théo (Rodrigo Lombardi) não tem ninguém aprontando contra. Eles só terminaram o namoro por ele ser um completo babaca. Flávia Alessandra está apagada, uma ideia seria a autora criar uma cumplicidade mórbida entre Érica e Àurea (Suzana Faíni). As duas armando contra a protagonista, para então criar uma torcida para o casal principal.
Ao Palmeiras uma boa sorte na Libertadores e que o ano de 2013 seja muito bom para a audiência da Band - alguém tem que ganhar com tudo isso. À Salve Jorge uma explosão de acontecimentos. Agita o horário nobre de todos nós, Glória Perez. A novela das nove tem tudo para se tornar a novela com a menor audiência do horário. 

Em tempo: sou contra o Ibope só valorizar quem mora em São Paulo, eles ficam parados no trânsito!  assistem pouca TV. 

Rede Record copia o diretor Mário Meirelles e falta com ética ao programa da Xuxa

              Não foi legal o que o diretor da Xuxa, Mário Meirelles, disse contra os fãs do desenho Pica-Pau, mesmo achando que o ele quis na verdade foi se referir a programação da Record como um todo, todavia, ele errou, excluiu sua conta no twitter e esse seria um assunto para nunca mais discutir. Mas a Rede Record não quis que assim fosse.
Todos nós sabemos que a emissora da Igreja Universal gosta de um fogo, e para mostrar que ainda consegue uma boa parcela de audiência, visto que em quase todos os horários ela é terceira colocada, anunciou o feito no Domingo Espetacular no último domingo. Veja o vídeo abaixo. 
A Record gaba-se em ter ganho da TV Xuxa com folga. Eles mencionam a audiência do Rio de Janeiro nos minutos 15:12 a 15:24. Em nenhum momento citaram a de São Paulo. Perdeu sim, mas os números foram bem menores. Na reportagem disseram ainda que o programa, segundo dados preliminares do Ibope, perdeu outra vez do desenho neste último sábado. Mentira!
Você pode até não gostar da Xuxa, talvez até ache que ela tenha um pacto com o demônio assim como os bispos da Igreja acham, mas compactuar com inverdades para benefício próprio não, por favor não! TV Xuxa está longe de ser um programa-cabeça, nem pode! Ele é exibido por uma emissora que visa totalmente o comércio. Sei que muitos vão achar esse post algo pessoal, eu tenho sim uma predileção pela loira, mas sei dar broncas também, não sou nenhum alienado, o que não gosto é de injustiça, só isso. Quando Xuxa perde no ibope colocam em CapsLock, quando ganha fingem números. Assim sendo: XUXA VENCE O DESENHO DO PICA PAU POR 9 A 5, SEGUNDO O IBOPE. E um basta nesse assunto.

domingo, dezembro 02, 2012

Mas e a Cléo Pires?

Mariana Rios foi eleita a mulher mais quente da novela Salve Jorge, pelos leitores da VIP. Mariana é linda, sim senhor! Muito gata. Mas e a Cléo Pires?

Gosto simplesmente não se discute e Salve Jorge está forrada de mulheres bonitas, mas entre ser linda e ser quente há muita diferença. É ou não é?


sábado, dezembro 01, 2012

Depois da polêmica do sábado passado, Xuxa ressuscita o Planeta Xuxa e explode nas redes sociais. TV Xuxa vence o desenho do Pica-Pau!

Nome: Xuxa | Função: infinitamente impossível não amar, curtir e ser fã de uma das maiores apresentadoras da TV, lindo foi o programa do dia de hoje, os anos 90 voltaram com tudo. As roupas de Xuxa, Mamonas Assassinas, Deborah Blando (lembram?), nossa! muito especial.
O reggae do Cidade Negra, e nem acreditei que um dia eu cantei com o Latino. Todos um dia na vida já fizeram loucuras, e não dá pra negar, dos que apareceram por lá, ele é o único que ainda se mantém na mídia, bem ou mal, temos que respeitar. Xuxa requebrou ao som de Vinny e todos nós mexemos a cadeira.
Um belíssimo trabalho do Mário Meirelles, que excluiu sua conta no twitter, não precisava, hoje estaria recebendo elogios, tudo passa, ele se desculpou, todos nós entendemos o porquê dele ter ficado com tanta raiva, acontece, ninguém é perfeito mesmo. 
A frase lá do começo deste texto é do senhor Aguinaldo Silva, bárbaro, traduziu o sentimento de muita gente. Ah gente! Como não amar os anos 90? 
O TV Xuxa especial anos 90 está na lista dos mais comentados no twitter, e é disso que o povo gosta mesmo: música, entretenimento gostoso, de sorrir, de ficar de bem com a vida. Parabéns a equipe inteira do TV Xuxa. E que a criatividade não pare. XUXA ARRASOU!

TV Xuxa especial anos 90 venceu o desenho do Pica-Pau por 9 a 5 na Grande São Paulo.


Errata: a frase que inicia este texto não é de Aguinaldo Silva, é de um perfil falso do autor. Falha nossa! 

MATEMÁTICA É 1+1 E O RESTO É ARTE DE SATANÁS :P

Um marasmo! Nada de bom aconteceu essa semana na TV, ficou tudo igual. Ok! Domingo no Programa Silvio Santos teve uma pegadinha que foi tão comentada quanto o salvador de pátria que trabalha na Bandeirantes, se a moda pega o que vai ter de bandido querendo dar uma de celebridade na telinha, Deus do céu! Apresentadores não vão faltar para isso. A Xuxa vai dar beijinho, beijinho, tchau, tchau pro coitado que vai direto para a cadeia ou para a novela das nove, dependendo da figura ou do talento dele em frente às câmeras. Silvio Santos vai oferecer milhões, claro! no final vai rir da cara dele e dizer que é só uma pegadinha. Brincadeiras à parte, tirando os dois fatos acima mencionados, a semana foi morta, bem chocha. 
E a vontade de escrever como fica? Saio eu à procura de alguma coisa interessante. Você sabia que a Lindsay Lohan, a lindinha do filme do Fusca, bebe dois litros de vodka por dia? Tudo bem, não é nada interessante isso, e nem engraçado é. Poderia encher vocês com um turbilhão de lições de moral. Não! Não vou e nem quero fazer isso, pelo menos não hoje! Um amigo meu disse esses dias que quem bebe cerveja (ou vinho) vive mais.  Ah! Ele estava bebendo quando disse isso. 
Urgente, urgente! Luciano Huck se derrete em elogios para Angélica. Que guti-guti, que fofo, que romântico. "Adoro as cores, os traços delicados, a pele suave e os olhos verdes, lindos. Quanto mais o tempo passa, mais bonita ela fica. Angélica é meu 'Château Lafitte' (um tipo de vinho) particular", disse o apresentador. Repararam no nome do vinho né? Chique que só ele.  Começando a acreditar que o meu amigo tem razão a respeito da bebida alcoólica.
Seguimos com as fofocas que vão mudar a vida de todos, assim espero. Não! Não espero não! Foi ironia. Não foi uma ironia se você não entendeu. Haha! Souberam da última: Eike Batista não é mais o homem mais rico do Brasil, as ações dele caíram na Bolsa, agora estima-se que a fortuna dele está avaliada em 18,6 milhões (detalhe: de dólares). Jorge P. Lemann é o mais novo rico da praça: 18,9 milhões de dólares. São 300 mil a mais. Culpa da Luma de Oliveira, que de certo pede uma mesada muito gorda para o ex. Coitadinho!
Ah! A Chatolina Dieckmann declarou que continua tirando fotos sensuais para o marido. Afinal, agora pode né? A lei que leva seu nome está aí para ressarcir qualquer dano que lhe aconteça. Qual é o bobo que vai mexer com a atriz a essa altura do campeonato?
E se alguém perdeu Subúrbia, segue o link dos episódios aqui. Muito boa a série. Muito gata a atriz principal. Estou apaixonado.
E por último tem uma notícia do Brad Pitt. Atenção meninas! Dizem as más línguas que o casamento dele com a (atenção meninos!) Angelina Jolie está por um fio. Uma última coisa: ele está com uma barriguinha de chope de respeito! Os homens vibram, afinal! se o Brad ostenta aquela barriguinha, e a Jolie nada fala, então nossas mulheres tem o direito de permanecerem caladas, ou vai ver que este é o motivo crucial do relacionamento deles estar acabando. Faz isso não Angelina, pura besteira, e outra! mesmo não aceitando o que você fez com a Jennifer Aniston, se é que é verdade, eu aprendi a curtir o amor de vocês dois. A prole vai agradecer. Foi machista isso? Acho que não.
Ok! Matei a vontade de escrever, agora vou descansar (e namorar) um pouquinho. Até breve.