BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, maio 31, 2012

A de Menor do Amazonas

Com um certo atraso uma resenha de A de Menor do Amazonas, último episódio da série As Brasileiras, só hoje tive tempo de assistir. Ok! Vamos lá: primeiramente peço aos que entendem muito de nossa linda língua portuguesa se é certo mesmo falar 'a de menor'. Sempre, na minha cabeça, falei 'ela é menor de idade', nunca 'ela é de menor'. Estou certo? Estou errado? 
O enredo: Shirley (Maria Flor) é envolvida em uma grande confusão, vai parar em um cruzeiro prestes a sair do Porto de Manaus. E, na tentativa de permanecer no navio durante a viagem, ainda se vê obrigada a se passar por uma menina de 12 anos. Entre disfarces e muita correria, ela verá em Fernando (Marcos Palmeira) aquele cara legal, vindo da cidade grande e com o objetivo de fazê-la feliz. Maria Flor, a eterna Aline, foi perfeita, passou aquela ingenuidade gostosa que a personagem pedia e que todos nós amamos, né? 
E Marcos Palmeira está com tudo e não está prosa. Ele fez A Justiceira de Olinda (lembram, o episódio da Juliana Paes), está em Cheias de Charme e brilhou em A de Menor do Amazonas. Bravo!
Segue o episódio completo:

Zapeando

A tarde na televisão brasileira é uma lástima, isso todos já sabem, e por mais que Chocolate com Pimenta tenha sido e é uma novela muito boa, a terceira reprise é um exagero, e saber que quem tem TV a Cabo pode assistir Que Rei Sou Eu, Top Model e Barriga de Aluguel torna a atual trama do Vale a Pena Ver de Novo uma afronte para nós telespectadores, e não adianta, enquanto as outras emissoras não se preocuparem em levar algo melhor para a sua programação vespertina, na Globo vai ficar tudo na mesma, infelizmente! Tanto é verdade que desde que sentiu o golpe com a decadência da Sessão da Tarde, a rede número 1 do país está buscando novos ares (ou filmes melhores). Semana que vem as apostas serão O Diabo Veste Prada, Ghost, Garota Veneno, O Menino da Porteira (com o cantor Daniel) e Robôs. Bem aquém dos filmes de sereias e golfinhos que estávamos habituados a ver. E isso só está acontecendo por conta da reprise da novela da cantora mexicana Thalia. Não que a trilogia das Marias sejam obras espetaculares, eu particularmente não gosto, mas é inegável que se trata de um fenômeno, e claro, é uma opção para os telespectadores, órfãos de bons programas nesse período. 
O controle remoto está fazendo história em outros horários também. Eu que aqui sempre defendi a tese de que as crianças precisam de um espaço para elas na TV aberta, o que sempre foi desdenhado por todas as emissoras, surge Carrossel, um remake que trouxe de volta um sopro de esperança ao Sbt, e que Silvio veja que é nesse filete que está sua redenção, ainda mais quando a Globo estrear o novo programa da jornalista e apresentadora Fátima Bernardes, se o Sbt embarcar de verdade no público infantil vai conseguir reverter o quadro nas manhãs, sabendo que a Rede Record será a concorrente direta da Globo. Com programas parecidos, é óbvio que o de Fátima vai tirar o público-alvo, que é as mulheres, do canal do Bispo. Mas nessa disputa, o canal de Silvio Santos vai levar de bônus os órfãos da TV Globinho, infantil do Plim Plim. Nessa nova onda, espero que o Bem Estar saia de vez do ar (cansou né?) e que o Mais Você seja melhor elaborado e mais curto. Ana Maria deveria focar no que mais entende: cozinha. Área que dá audiência sim! Deixa o jornalismo com Fátima, mestre no segmento. Zapeando ainda no que há de pior na TV aberta lembro-me com muito desgosto do Vídeo Show, atração tosca que por mais que os mais saudosos ainda o celebrem, os tempos bons de um Miguel Falabella inspiradíssimo não voltam mais. 
Um pouco de flores, por favor: as coisas boas estão em Estrelas, pra quem curte música o TV Xuxa está fazendo um bom trabalho (o programa passou anos viajando na maionese e finalmente se encontrou!), o Altas Horas ainda é o diferencial e mesmo muitos torcendo o nariz com as piadinhas de baixo calão do titio Silvio Santos o seu programa de auditório ainda reina absoluto. Em entretenimento, exceto no que envolve a dramaturgia, é só isso, mais nada presta.
 Pânico na TV já foi um programa bom, agora foi inserido no nome a Band, e continua a mesma bosta que na RedeTV! Claro que alguns quadros são interessantes, o Jornal do Bóris é um exemplo, mas aí é que está: quando eles querem fazer humor, eles dão show. Mas dura bem pouco, precisam achincalhar, uma pena.
As novelas na Globo estão de vento em popa, até Malhação respira aliviada, no Sbt tudo bem também, o problema está na Record. Rebeldes caiu de uma forma desesperadora. Sem fôlego para mais. Mas o pior acontece com Máscaras. A história não é de todo ruim, mas a trama confusa afastou os telespectadores, estamos numa era em que o popularesco faz muito sucesso, Máscaras foge completamente disso: faz pensar. Mas exagera na dose e acaba se tornando chata, difícil de acompanhar. Muito da culpa se faz a própria emissora que lançou na mesma época Vidas Opostas, com praticamente o mesmo elenco e tão forte quanto. Prometem CSI de volta. Mas tirar do ar uma trama que dá 4 pontos de ibope, mesmo a audiência sendo baixa é desrespeitar 240 mil pessoas só na Grande São Paulo. Não pode! Senti isso na pele há uns anos atrás quando a Record levou ao ar a série Dawson´s Creek, eu corria pra casa às 18 para acompanhar e no 11º episódio tiraram do ar, sem aviso, do nada, também pelos mesmos 4 pontos. 
Falta as emissoras qualidade, mas o que elas querem é quantidade. O controle remoto? Ele continua aqui na minha mão, é só elas se desligarem um pouquinho só!



terça-feira, maio 29, 2012

Cheias de Charme, fenômeno às sete!

Ando lendo muita coisa de Cheias de Charme, a atual novela das sete da Globo, e até agora, só se vê elogios, muitos afirmam que é o melhor folhetim desde Da Cor do Pecado, de 2004, no horário, óbvio. Eu vou mais além, é a melhor trama desde Quatro por Quatro, de 1994. Aliás, muita coisa em Cheias de Charme lembra Quatro por Quatro, esta que considero a melhor novela de Carlos Lombardi. E para quem não sabe, Filipe Miguez, um dos autores da atual novela da Globo foi colaborador de Carlos por muitos anos. Aprendeu direitinho! Quatro por Quatro foi um grande sucesso, lá os personagens Babalu (Letícia Spiller), Raí (Marcello Novaes), Abigail (Betty Lago), Bruno (Humberto Martins), Ângela (Tatyane Goulart), Ralado (Marcelo Faria), Tatiana (Cristiana Oliveira) e Maria Auxiliadora (Beth Savalla) eram um espetáculo à parte, não tinha como não rir e se emocionar com eles, a gente ria mais e como era gostoso aquele sentimento, com certeza uma novela que vale sim a pena ver outra vez, e com Cheias de Charme não é diferente.
 Da Cor do Pecado foi incrível sim! Mas a novela das empreguetes Penha (Taís Araújo), Rosário (Leandra Leal) e Cida (Isabelle Drummond) tem um quê a mais, tudo ali funcionou e o voo da brabuleta Chayene (Cláudia Abreu) foi um achado. Nunca houve uma mulher como ela na história da teledramaturgia nacional. Sensacional! E a Cláudinha que não envelhece né? Continua a mesma que fez a Laura (a cachorra!) ou a Juliette (de Que rei sou eu, trama que o Viva está reprisando), ou seja, a mesma bonequinha de sempre, mas ainda mais competente como atriz. Chayene é uma espécie de Viúva Porcina (Regina Duarte), mas do mal! Linda, linda! Tudo em Cheias de Charme está bom (ops, quase tudo, tem um ator lá que não vai de jeito nenhum, eu vou citar o nome dele mais a frente), e a trilha sonora aparentemente brega é um sucesso e uma crítica aos novos cantores (sem talento nenhum) que estão virando fenômenos no mundo inteiro, o voa, voa brabuleta grudou, assim como Vida de empreguete, e tanto Chayene quanto o Trio Empreguete são muito ruins cantando, mas quem está ligando pra isso? 
O cantor Fabian segue uma mistura de Amado Batista com Wando e também faz bonito, contrariando quem não gosta muito do seu intérprete, o ator Ricardo Tozzi, eu ao menos gosto dele, mas claro, falta muito para ele um dia chegar aos moldes de um Tony Ramos, mas ele é esforçado, e em tempos que Sergio Marone, Kaiky Brito e Jonatas Faro (horrível nessa trama também) são chamados com freqüência para atuarem (fui querido agora com eles), Ricardo está bem sim! 
Aplausos para os autores (Filipe e Izabel de Oliveira), enfim! para todos os envolvidos nessa linda produção. A novela é muito boa mesmo e junto com Avenida Brasil disputa pau a pau a preferência do público. Sucesso merecido! 

O Rafinha vai ter de engolir seco o orgulho!

Menos de 1 ponto no Ibope, esta foi a audiência do SNL, o novo programa de Rafinha Bastos na Redetv! Quem viu, nem que seja alguns trechos vai concordar comigo: se o intuito deles era fazer rir, babau! eu não tive nenhuma reação, quer dizer, fiquei estático tamanha falta de senso de humor. Com certeza ele pensou que seria muito fácil, e agora ele vai ficar soltando farpinhas no Twitter, dizendo que os brasileiros não são inteligentes o suficiente para entender as suas piadas. Solitário.

P.S.: Alguém gostou?

domingo, maio 27, 2012

Caso Xuxa, parte 2

Domingo, 27 de maio de 2012: sete dias após o polêmico depoimento de Xuxa para o Fantástico (TV Globo) muita coisa se repercutiu. Muitos preferiram linchar a apresentadora. Muito mais cômodo, claro! Somos criados numa sociedade hipócrita, várias crianças são abusadas todos os dias no Brasil e uma declaração da mulher mais famosa do País é vista como uma afronte aos princípios e morais em que as pessoas julgam seguir. Não foi levado em conta o tanto de denúncias ocorridas desde a tal entrevista no domingo. Acorda Brasil, não estamos mais vivendo no Regime Militar, ou estamos? É certo ficar de braços cruzados? Não falar? Não ouvir? Não enxergar? 
Xuxa fez um bem para a sociedade, temos que admitir. Esqueçam o passado. Julgar uma adolescente de 16 anos, Xuxa tinha essa idade quando participou do tal filme proibido, é cair numa contradição óbvia. O sistema era outro. Os tempos eram outros. Atire a primeira pedra quem nunca viu uma pornochanchada na vida! Apesar de Amor, estranho amor passar longe desse tipo de estereótipo, mas... Enfim! Xuxa era uma criança e caso a mesma não tivesse enriquecido, hoje ninguém comentaria. É preconceito bobo com uma mulher linda que venceu na vida, ainda assim, repito: gente, o foco não é esse! O drama de Xuxa é visto como um trampolim para aparecer em revistas e jornais. Será mesmo? Será que ela precisava mesmo disso? Será mesmo que a Xuxa mereceu todo esse desprezo? 
O trabalho filantropo de Xuxa é digno de uma pessoa do bem, que ama as pessoas acima de tudo, e infelizmente o reconhecimento virá apenas depois de sua morte, infelizmente mesmo! E que eu espero que demore, Xuxa, a pessoa de carne e osso, a cidadã brasileira, tem muito ainda para fazer por aqui. Os poderosos a ouvem. E ela sabe disso. Os ignorantes não! O assunto é sério, e tem que ter relevância sim. É preciso conversar com seus filhos, é preciso ficar de olho, é preciso ouvi-los. Xuxa mexeu numa ferida que o Brasil tem que aprender a lidar, discutir, reparar, é crime gente! E hediondo! Não é conto de fadas. Acordem! O primeiro passo já foi dado. Já pararam para pensar se o Estado tem como acolher essas crianças, investigar o que dizem e, quando for o caso, punir os culpados? 
 Está na hora de nós brasileiros reavaliarmos os nossos conceitos, afinal, amanhã ou depois, a vítima pode ser você, e ninguém quer isso, ou quer?

sexta-feira, maio 25, 2012

Que tal embarcar nesse Carrossel?

Em 1991 eu tinha oito anos de idade e dessa época eu lembro com muito carinho do Xou da Xuxa, dos Trapalhões, de Vamp e de Carrossel. Vamp já deu as caras no Canal Viva (Xou da Xuxa e Os Trapalhões ainda não e não me perguntem o porquê, sendo que ambos teriam bastante repercussão na mídia). Já Carrossel voltou como um remake. Outra jogada de mestre do querido Silvio Santos, que anda bem bocudo em seu programa dominical, mas isso é outra história. Carrossel chegou e está fazendo a alegria das crianças e comprova por A + B que esse público merece ainda ser respeitado. Ouviu Globo! Com quatro capítulos já exibidos, a novela vem registrando médias superiores a 10 pontos, na terça marcou 15, seu recorde até então. 
Claro que eu, bem perto dos trinta anos já não vejo muita graça na turminha da Professora Helena, até porque como Carrossel, a versão original, marcou muito minha infância, então, sempre vou apontar uns errinhos aqui, outros ali. Por isso chamei meus dois irmãos, temporões mesmo, ela de seis anos e ele de onze. Por mais que o de onze os achasse bobos e infantis, era visto sua fascinação assistindo-os, mesmo criticando-os depois. A de sete não para um minuto de falar de Carrossel. Acreditem, ela já acorda tagarelando sobre o capítulo anterior e quando chega o anoitecer pergunta a cada quinze minutos se já é hora da novelinha. É lindo de se ver, e é como se eu me visse, bem ali, junto deles, admirando o Cirilo, torcendo pela Valéria e pelo Davi e enfurecido com as maldades de Maria Joaquina. Incrível!
Rosane Mulholhand está perfeita e não deve nada à Gabriela Rivero, linda e suave, do jeito que tinha que ser a Professorinha, que todos amam, ou amaram um dia. Espero que o Sbt siga à risca a história original, e não invente em querer fazer continuações. Ano que vem, quem sabe, uma reprise da versão mexicana. Não custa sonhar né?

Crítica: Amor Eterno Amor

Quando se noticiou que Elizabeth Jhin seria a responsável pela novela das seis, atualmente no ar, vibrei muito. Elizabeth escreveu Escrito nas Estrelas (2010) com Nathalia Dill e Humberto Martins nos papéis principais, e a trama foi emoção pura, do começo ao fim. E eu particularmente gosto do tema espiritismo, apesar de não seguir a religião. Veio Amor Eterno Amor. Ótima fotografia, linda abertura, atores afinados, direção ímpar, mas um enredo arrastado e complicado. É o tipo de novela que anda anda anda e não sai do lugar, eu poderia dizer que Amor Eterno Amor empacou, seria até mais bonito, mas como falar isso se a impressão que dá é que ela ainda nem começou. Quem só viu o primeiro capítulo, não é o meu caso, e num desses dias qualquer sintonizar na Globo neste horário vai sentir na pele o que eu estou falando: a história é a mesma, o que mudou foi que os personagens foram todos para o Rio de Janeiro, mais nada. Infelizmente.
Osmar Prado, Letícia Persilles, Carol Castro, Pedro Paulo Rangel, Rosi Campos, André Gonçalves, Vera Mancini, Klara Castanho, Daniela Fontan, Carolina Kasting, Marcelo Faria, Suely Franco e Cássia Kiss estão ótimos, mas quem brilha mesmo é a bonequinha da Andréia Horta, sua Valéria tomou conta da novela. Agora Gabriel Braga Nunes e Carmo Dalla Vecchia estão chatos, não sinto da parte deles aquela paixão em atuar e olha que Gabriel veio de um personagem brilhante (Léo de Insensato Coração), e por serem o protagonista e o antagonista comprometem toda a história, que tinha tudo para ser boa, mas não é.
Amor Eterno Amor peca em não desenvolver com mais entusiasmo o espiritismo, e por ser a segunda da trilogia que a Globo pediu sobre o tema, as comparações com Escrito nas Estrelas seriam inevitáveis. Ou seja, Elizabeth Jhin pagou o pato. À espera de um milagre (ainda há tempo, claro!), ou da nova novela das seis mesmo!

quarta-feira, maio 23, 2012

Gabriela, Cravo e Canela

Segue o clipe de lançamento de Gabriela, a nova novela das onze da Rede Globo com estreia marcada para o próximo dia 18. Dica do leitor Rafael.

segunda-feira, maio 21, 2012

Curti! Entrevista da Xuxa para o Fantástico

Um depoimento de Xuxa no último Fantástico, dia 20 de maio de 2012, parou o Brasil, a entrevista chegou a 30 pontos de audiência e já eram quase onze da noite. E quem não viu, com certeza soube, ou pode acompanhar no site da própria Globo ou do Youtube, Xuxa falou de seus amores, de Michael Jackson, de luxo e disse que foi vítima de pedofilia, o que explica muita coisa em sua vida, foi sem dúvida, uma entrevista que deu em nós brasileiros um nó na garganta, né não? E para quem pensa que vai ser fácil pra ela daqui em diante enganam-se: a apresentadora mexeu numa ferida horrível, que nunca cicatriza. É o passado que volta. Mas no final vai ver que isso tinha que acontecer (é o que esperamos, é o que ela espera). Sua angustia diminuirá, ela estará mais verdadeira consigo mesma e poderá viver feliz, sem culpas. Xuxa sobre ter sido abusada sexualmente quando criança: "Não foi só uma, foram algumas pessoas", afirmou. E se uma mulher como ela guarda tanto sofrimento (Xuxa é uma mulher esclarecida e sofreu muito (ainda sofre!), apesar de todas as glórias em sua vida), talvez a ponto da mesma não conseguir fixar-se num relacionamento, imagina o que acontece por aí, o assunto é sério gente, e o que ela falou tem um pouco de verdade, num caso desses as pessoas preferem culpar as vítimas, e se é mulher é muito mais cômodo dizer que foi ela quem provocou. Lamentável!
 A rainha dos baixinhos citou Pelé, seu primeiro namorado sério, e na entrevista, ela não falou mal dele, mas disse que chamava a atenção dos homens mais velhos e que talvez ali estava o erro. Quem sabe Pelé não frustrou ainda mais sua cabeça, seus pensamentos, sua culpa? Pode ser que sim, pode ser que não. E vem de volta toda a ironia de um filme de qual ela participou. Eu vi "Amor estranho amor", Xuxa que era aspirante a atriz viveu uma prostituta no filme. Mal assessorada ou nem isso! Xuxa visualizava ingressar no mundo artístico, a loira participou do filme, por alguns minutos, Vera Fischer era a protagonista, mas foi o bastante para a sociedade julgar uma mulher linda e que ganhou muito dinheiro trabalhando para crianças. Mais por ser mulher, e por mais que digam que existe igualdade de sexos no Brasil, é mentira! Há muito mais preconceito hoje do que há três décadas, e mulher que está no poder ou é vadia ou é lésbica, não é verdade? Um menino de doze anos transando com uma prostituta, também menor de idade, fazia parte de todo o contexto do filme. Querem criticar? Busquem conhecer primeiro do assunto para depois sim argumentar ou julgar (como preferirem). 
Xuxa já está sendo atacada nos Facebooks e Twitters da vida, e vai ser muito esculachada ainda. São os que eu costumo chamar de engraçadinhos de plantão, bobos, infantis e maldosos, não é hora de fazer piadinhas, é hora de pegar o que aconteceu com Xuxa e encarar que o problema é sério, está na hora da sociedade abrir os olhos. Mas tenho certeza que ela receberá muito apoio também, e que bonito todo o cuidado que ela está tendo com as crianças, com os projetos em defesa desenvolvido para elas, coisas que quem deveria estar cuidando era o governo. Agora disso ninguém fala, ninguém elogia, não vende né? E a Xuxa, que disse que não consegue ficar muito tempo com uma pessoa, por enes motivos, que só ela deve saber ao certo, foi muito romântica ao tocar no nome de Ayrton Senna, e serve de lição para todos nós: quando ela resolveu correr atrás de sua felicidade, foi interrompida pelos acasos da vida, quer dor maior que essa? 
Mães, pais, olhem seus filhos, e pessoas, vamos ser mais humanos. É aquela coisa, não quer ajudar, ou não pode, então não atrapalha. Segue o vídeo. Verdadeiro e lindo, é Xuxa de carne e osso, sem aquela parafernália de rainha, curti! Muito mesmo!


sexta-feira, maio 18, 2012

A Mamãe da Barra

Sempre que dá o ar da graça na telinha, Glória Pires deixa sua marca: incrível sua naturalidade ao interpretar suas personagens. Você fica desnorteado com tamanho talento e Ângela Cristina, a Mamãe da Barra do episódio de ontem de As Brasileiras foi outro personagem real na carreira da atriz: real no sentido identificação, ou você não conhece ou conheceu uma Ângela Cristina por aí? Glória fez rir, e muito! Emocionou e conquistou o que já era esperado: protagonizar o melhor episódio do ano da série (até agora, visto que temos ainda cinco brasileiras). FANTÁSTICA!!! E não estava sozinha, o que é Ana Pires de Morais? Estreou com o pé direito e mostrou que herdou o talento da mamãe. Maria de Lourdes, como sua mãe insistia em chamá-la e Malu, como ela gostava de ser chamada, era a pré-adolescente perfeita, sim! ela existe em muitos lares do Brasil e gente! estou maravilhado com essa linda história. Bravo! Baseado no livro Fala sério, mãe! de Thalita Rebouças e adaptada pela mesma junto com Ana Maria Moretzshon, a trama empolgou. Usar a voz de Tony Ramos foi outro acerto, visto que Tony e Glória juntos é sempre bem quisto pelo público. Queria muito comentar a estreia de Antonia Morais, a outra filha de Glória Pires, mas não vai ser dessa vez, esperemos por Guerra dos Sexos, a nova novela das sete em que a mocinha ganhou um papel de destaque, ontem, Antonia fez apenas uma ponta, não deu pra avaliar, agora, a Ana, atuação extraordinária, parabéns. Segue o vídeo completo (assistam! e divirtam-se):

quinta-feira, maio 17, 2012

Vídeo picante!

A Renatchinha, do BBB 12, que posou pra Playboy teve um vídeo bem íntimo divulgado na internet. As cenas picantes foram postadas pelo ex, o músico Filipe Soldati (ele afirma o contrário). Saiu no site Terra que a loirinha vai mover um processo contra ele: "Já entramos com um processo e ele está sendo acionado. O objetivo é destruir a vida dele. Desde o começo ele só quer aparecer e a mídia dá ouvidos. Ele quer se promover a todo custo; é um cara ridículo, não tem o que comentar", afirmou o advogado dela.
O mocinho que se deu muito bem, levando no bico a galega mais linda do pedaço, negou tudo e deu uma de Carolina Dieckmann, ou seja, colocou a culpa nos hackers: "Olha gente, eu não postei vídeo nenhum. Meu computador foi hackeado na época das fotos e parece que agora postaram os vídeos. Putz...", escreveu Filipi na manhã desta quarta, em seu perfil no Twitter. Hum, então tá! Cuecas de plantão, não! esqueçam! não vou postar o vídeo aqui não! Blogue de respeito é assim mesmo, sem apelações né? Mas se você não está se aguentando (safados! rsrs) Google é a solução. Sempre! 

JLo

Sai ano, entra ano e a Oprah segue sempre como a artista mais poderosa do mundo né? Não! OPRAH caiu para o segundo lugar. A celebridade que mais faturou em 2011, segundo a revista FORBES foi a linda da Jennifer Lopez. US$ 52 milhões, cerca de R$ 103,7 milhões, no ano passado. Segue a lista (reparem na terceira posição, é fenômeno ou não é?):
1. Jennifer Lopez
2. Oprah Winfrey
3. Justin Bieber (viu?)
4. Rihanna
5. Lady Gaga
6. Britney Spears (Hãn?)
7. Kim Kardashian
8. Katy Perry 
9. Tom Cruise
10. Steven Spielberg

domingo, maio 13, 2012

Guardian

Quem por aqui passa sabe de minha predileção por Alanis Morissette, as músicas da cantora estão no meu iPod, ouço sempre (e não canso). Alanis está de volta e perguntem para mim quantas vezes eu ouvi Guardian, título do novo trabalho dela? Segue a canção:

Mãe

Feliz dia das mães, Mãe! Linda, gata, generosa, batalhadora. E claro, para as mamães de todos os que por aqui passam, e em especial, as mães que leem o Mr.

Mãe... São três letras apenas

As desse nome bendito

Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito

Para louvar a nossa mãe,

Todo bem que se disser

Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer

Palavra tão pequenina,

Bem sabem os lábios meus

Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

(Mário Quintana)

sexta-feira, maio 11, 2012

A Adormecida de Foz do Iguaçu

O episódio desta última quinta tinha como título A Adormecida de Foz do Iguaçu, e eu que não conheço a cidade, mas conheço muita gente boa que veio de lá não ia perder o programa de jeito nenhum. E deu pra ficar encantado com tudo aquilo, se deu! Muito desse encantamento vem da atuação gloriosa de Mariana Ximenes, a Liliane. Que gracinha essa atriz que se transforma em mulherão na arte de interpretar, sempre!
 O enredo:  Aconselhada pela amiga, Helena (Guilhermina Guinle), descobriu um verdadeiro milagre: um remédio para dormir e acabar com toda aquela agonia (Liliane sofria de insônia). Relutante no início, Liliane prefere deixar o frasco perto da cama, até que, desesperada para descansar, toma uma dose em excesso. E a poção acorda o lado devassa da bela adormecida! Sem perceber, a loira se transforma numa mulher perigosa, carregada na maquiagem e com unhas coloridas. E em direção ao Paraguai, onde vai aprontar todas, noite após noite. O final foi divertido também, diria, excitante. O destaque ficou por conta de Guilherme Fontes, que brilhou intensamente na TV no final dos anos 80 e início dos 90, quem não lembra dele como Alexandre em A Viagem (1994) hein? Personagem inesquecível. Guilherme foi deixado de lado pela TV, isso é bem verdade, e agora volta aos poucos. Ontem, fez valer a pena. Bravo. 
Segue o vídeo:


Gente, a próxima brasileira a dar o ar da graça na Globo é Gloria Pires. Será que estou ansioso? 

quarta-feira, maio 09, 2012

Fofoquinha de bar

Ok, o assunto é sério, mas os cuecas que leem o Mr. TV vão achar muito engraçado (O Mr. tá parecendo TV Fama, Deus do céu- rs), ou vai dizer que você nunca se encontrou numa situação assim (ou ao menos parecida, vai, diz que não? Sim né? Nem que seja no papel do amigo do ator Marcelo Faria (depois de lerem vocês vão concordar sim e entender tudinho!)). O ator foi descoberto em sua puladinha de cerca: ele traiu a mulher Camila Lucciola com a Fernandinha Vasconcellos (safadinha ela né?). Saiu no Retratos da Vida, do Léo Dias, da Globo.com. Segue o texto, é engraçadíssimo. Ué, trágico pra eles só! Leiam: Marcelo Faria não teve como negar: vive um affair com Fernanda Vasconcellos. O ator esqueceu a sua caixa de email aberta e Camila Lucciola viu uma mensagem da atriz, parceira do marido na peça "Dona Flor e seus dois maridos", descobrindo o romance.
"Não tem mais jeito, não tive o que falar", explicava Marcelo a um amigo, nesta segunda-feira, numa conversa de bar. O amigo insistiu que o ator deveria ter “negado até a morte”.
"Não tinha como negar, seria mais cara de pau ainda... Quando cheguei, a Camila avançou em mim, foi uma gritaria danada! Ela ainda copiou a conversa e mandou para um monte de gente! O que eu ia fazer? Ela ainda ligou para a Fernanda e a esculachou... E a bobona da Fernanda ficou ouvindo... Depois, me irritei e falei que ia largar as duas! Sou pica! Sou pica! Deixei as duas na ladeira falando sozinhas", relatou o ator, mudando de assunto: "Que delicinha, hein...". O papo agora era sobre Carolina Dieckmann (nossa, até ela entrou na roda). E a Carol né? Gente, o que é a Record fazendo migalhas com esse assunto? Barbaridade!





Risada gostosa


Está todo mundo muito brabo com o Sbt, onde foi parar o Chaves? Onde? Cadê? O Mr. sente muito a exclusão do Chapolin também. Mas tenho pra mim que o Silvio Santos (que anda muito besteirento ultimamente) deve anunciar os programas junto com a estreia da novela Carrossel, bobo ele não é. 

Eu gosto de todos os personagens do Chaves, ora prefiro muitíssimo um, ora outro, hoje vou reverenciar o Quico (ou Kiko), vamos rir com ele no vídeo abaixo:

Plim-plim

Só para constar: a GLOBO (a número 1 do Brasil) subiu um importante degrau no mundo: a partir de agora a emissora do plim plim é a 2ª maior rede de televisão perdendo apenas para a ABC. 

O ranking atualmente se encontra assim:
  1. ABC
  2. Rede Globo
  3. CBS
  4. NBC
  5. Televisa
  6. CNN
  7. BBC




segunda-feira, maio 07, 2012

Ouçam Paralamas do Sucesso

Foi ao ar pela TV Globo no último sábado uma linda homenagem a banda Paralamas do Sucesso na TV Xuxa. Foi com certeza a melhor coisa do final de semana, lindo demais. E as músicas: Alagados, Cuide bem de seu amor, Meu sonho, Uma brasileira, Romance ideal, Meu erro, Óculos, lindas. Para ouvir as músicas, vá até o site da banda. Aqui. Eu sou muito fã dos Paralamas e me vi obrigado a compartilhar com todos vocês. Boa Xuxa, valeu!

Safadinha!

 Thalma de Freitas posou nua para a revista Trip. A atriz, que raspou a cabeça para encenar na peça Adeus à carne, do diretor Michel Melamed, fez revelações sobre a sua vida sexual à publicação Trip Girl do mês de maio. Thalma disse que sempre teve uma vida sexual ativa, desde nova. "Na adolescência, minha vida sexual já era bem ativa. Mas só perdi a virgindade aos 15 anos, mais exatamente em 8 de maio de 1991." Sobre posar nua, falou que esse também sempre foi um sonho antigo: "Tinha muita vaidade envolvida naquilo. Mas mostrar meu corpo representava também uma postura de mulher liberal, independente. Linda e sem pudor de se assumir gostosa. Ser Trip girl aos 38 é o presente que me dou, em nome dos velhos tempos, quando sonhava em ser amplamente desejada, pelada em capa de revista, fetiche total. E obviamente pelo fato de, 20 anos depois de admirar a beleza glamorosa de La Torloni (hãn?), euzinha ainda estar em forma. Gata selvagem, sarada, gostosa." A modéstia eu não sei onde foi parar, mas ela está linda mesmo. Babei!

Nas entrelinhas: como assim perder a virgindade aos 15 anos? Pelo jeito a mulher queria ter começado a "brincar" muito antes. Safadinha, né?

Gata manhosa

A  ex BBB e piriguete Renata aparece sendo puxada por várias mãos, algo do tipo" com quem ficará Renatchinha?" Gostei da ideia! E aí, quem quer a foguentinha?

Cléo Pires fica loira e posta no twitter


A atriz Cléo Pires tem um dos cabelos mais bonitos da TV (herança da mãe), linda morena, corpo perfeito, gostosa de verdade! Cléo mudou a cor de seus cabelos. Para quem pensou que ela vai aparecer com esse novo visual em um novo trabalho errou feio. Nada! A esperta usou isso para promover um site, o Crueldade Nunca Mais, que visa proteger os animais de maus tratos, inclusive o uso de bichos para testes laboratoriais. Ok Cléo, valeu por isso. Mas a prefiro morena (nada contra as loiras tá bom!).

sexta-feira, maio 04, 2012

A Mascarada do ABC

Juro que não lembro de Juliana Alves no BBB, não mesmo! Mas que atriz linda que ela é. Em todos os sentidos. Juliana deu vida a Janice, a Mascarada ado ABC, ontem, em As Brasileiras. Janice é a mulher que todo homem pediu a Deus. Todo! Batalhadora, fiel e feliz por estar junto com seu amado. Mas um detalhe esfriou o relacionamento: SEXO! Não adianta, pode ser machismo, eu vejo apenas como verdade, homem gosta de sexo, nessa hora a dama da sociedade tem que ser vagabunda (não acredito que estou falando isso aqui), sexo é bom e tem que ser bem feito. Janice se descuidou e Samuel (Ângelo Antônio) foi buscar fora. Obs: ele está errado ok? Num relacionamento tem que haver conversa, sempre. E respeito, muito respeito! Mas isso acontece a todo tempo, é a realidade. Janice se reinventou no finalzinho e arrancou suspiros do Samuel e de todo o público. Pelo menos do masculino!!! Destaque também para Mauro Mendonça, ótimo! e Marcelo Saback. A seguir o vídeo completo:





quinta-feira, maio 03, 2012

Melhoras!

Quando terminou a parceria entre Xuxa e Marlene Mattos, em 2002, gente, faz dez anos isso, caramba! A Xuxa investiu em infantis, na música deu muito certo, na TV a coisa andou muito mal, a ponto da loira abandonar de vez esse público, que não é mais o mesmo e que as próprias TVs já não os tratam com tanto cuidado. Mas cresceu muito como apresentadora e em 2012 produz o que há de melhor em auditório para adultos. Enfim! Marlene Mattos, que eu não sei por onde anda criou naquele mesmo ano o Jovens tardes, com Wanessa Camargo, a turma do KLB (eles ainda existem?), Fael Mondego (do extinto Fama, da Angélica), Luíza Possi, Carolina Magalhães e Pedro & Thiago (os filhos de Leandro & Leonardo, respectivamente). Todo esse texto foi para falar do filho do Leonardo, da dor mais uma vez exposta do cantor sertanejo, foi para falar de Pedro, aquele garoto parecido com o pai, cara de sem vergonha, daquele que parecia curtir a vida, a adolescência pelo que ela é de natureza, rebelde, sadia, feita de descobertas, de decepções. Pedro não deu muito certo como cantor, e ele nem parecia tão entusiasmado com a carreira, queria fama, queria fazer sucesso com as garotas, como todo jovem, queria ser popular. E foi, na medida do possível. Pedro sofreu um grave acidente há algumas semanas e ainda inspira muitos cuidados, mas obteve uma melhora progressiva, graças a Deus. Força Leonardo, melhoras Pedro! Estamos sim na torcida pela recuperação do rapaz.