BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

terça-feira, agosto 31, 2010

William Waack virou celebridade com polêmica do "MANDA CALAR A BOCA"







Está no Globo.com: O Jornal da Globo vai ao ar, ao vivo, diretamente da redação em São Paulo, com seus jornalistas trabalhando normalmente durante a exibição. Ocasionalmente, as conversas na redação se avolumam e o som prejudica a concentração dos apresentadores. Não é frequente, mas não é raro. Nessas ocasiões, pede-se silêncio. Foi o que aconteceu na última quinta-feira, na exibição da cobertura do dia-a-dia dos candidatos, durante a reportagem sobre a candidata do PT, Dilma Roussef. Incomodado com o barulho, o apresentador William Waack, dirigindo-se ao assistente de estúdio e se referindo aos colegas de redação, localizados atrás da bancada, disse, rapidamente: "Manda calar a boca". Infelizmente, por falha técnica, o microfone de Waack estava aberto e a frase foi sobreposta à reportagem. Trecho desse incidente, sem essa explicação, foi postado na internet, razão pela qual essa nota está sendo divulgada. Aos telespectadores, a TV Globo pede desculpas pela falha.

Visto dessa forma, é tudo muito natural, erros acontecem e blá-blá-blá. Mas tento me colocar no lugar do senhor William Waack, um dos mais respeitados jornalistas da TV. (Na internet, vídeos insinuam que William tenha mandado a candidata Dilma calar a boca). Imaginem o tamanho da vergonha que ele deve ter sentido. Soou grosseiro da parte dele, mesmo ele assim não o sendo. Em contra-partida, esse incidente nos remete a pensar que não somente nós somos suscetíveis a erros, mas pessoas com garbo e elegância, estudados, engravatados, também podem, e DEVEM!. Incrível, mas minha admiração por esse jornalista aumentou. Sim, foi vergonhoso. Mandar alguém calar a boca, ao vivo, na TV, para todo o Brasil e, num dos principais jornais do país (seja para um colega de trabalho ou não), é de enfiar a cara no primeiro buraco que encontrar e sair de lá apenas quando a poeira baixar. Qualquer um faria isso. Não, William Waack não faria! Continuou seu jornal com a mesma elegância e seriedade que lhe é de praxe. Sentiu o golpe, sentiu! Mas soube virar o jogo. E para o jornal, isso foi um belo de um marketing, não se fala em outra coisa. Bravo William!!!

P.S.: Vendo o vídeo abaixo, continuo acreditando na explicação da rede Globo. 

segunda-feira, agosto 30, 2010

Fantástico ou Domingo Espetacular?

Sou fã do programa da Globo Fantástico, o show da vida. Nos últimos anos, o jornalístico estava mal das pernas, foi feito algumas mudanças, o mesmo ganhou um ar mais jovial, mais leve e caros amigos, afirmo com precisão, está uma delícia de se ver. Informação, humor, entrevistas exclusivas, esporte, tudo na medida certa. Sem ser chato! Em contra-partida, temos o Domingo Espetacular, da rival Record. O programa é bom, mas às vezes abusa do sensacionalismo, uma pena!, e não me agrada o lado (muito) policial, mas tem um público fiel. A base do Fantástico foi toda copiada pelo Domingo Espetacular, mas nota-se diferença nos programas, enquanto o da Globo busca além de  informar,  entreter, o outro expõe toda a notícia, às vezes sobrecarrega um assunto até cansá-lo, mas nunca, nunca se omite da verdade, e  isso é ótimo. Patrícia Poeta, Zeca Camargo e Tadeu Schmidt são carisma e talento que deram muito certo juntos, e Paulo Henrique Amorim dá prestígio a TV Record, voz inconfundível e talento idem. Escolham o seu, e sigam bem informados...

sábado, agosto 28, 2010

Quatro por Quatro

Na cadeia, quatro mulheres unem forças e travam um pacto de vingança contra os homens que as traíram e as fizeram sofrer: cada uma será responsável pela punição do "ex" da outra. Esse é o mote da novela “Quatro por Quatro” (1994), grande sucesso de Carlos Lombardi no horário das sete da TV Globo. Abigail (Betty Lago), Maria Auxiliadora (Elizabeth Savalla), Babalu (Letícia Spiller) e Tatiana (Cristiana Oliveira) x Gustavo (Marcos Paulo), Alcebíades (Tato Gabus Mendes), Raí (Marcello Novaes) e Fortunato (Diogo Vilela). Humberto Martins (Bruno), Marcelo Faria (Ralado), Luana Piovani (Eduarda), Marcelo Serrado (Danilo) e Tatyane Goulart (Ângela) fizeram também muito sucesso.  A trama está no ar atualmente no canal pago Viva, no horário das 15:30. Quatro por Quatro é mais um nome para a sessão Vale a Pena ver de Novo. A audiência na época foi de 45 pontos.

Matam a saudade:

Memória da TV

Os Trapalhões fizeram época. Se os anos 80 foi de Xuxa, vale ressaltar que eles tiveram real importância no sucesso da loira. Fenômenos na TV, juntos. Direto do YOUTUBE! No vídeo, Mussum, Zacarias, Didi & Dedé entrevistam a rainha. Imperdível!

sexta-feira, agosto 27, 2010

Revista PLAYBOY, vale uma postagem


Em 35 anos, a "Playboy" publicou muitas fotos de mulheres totalmente nuas. A revista passou por censura, como também outros meios de comunicação, e teve de se readaptar por um tempo.
Porém, as belas moças que estamparam as capas das edições nessas três décadas e meia marcaram o imaginário masculino, como atrizes, ex-BBBs, dançarinas, cantoras, entre outras. 
É, a Xuxa posou nua! Vera Fischer causou polêmica, Juliana Paes também. Esse mês temos a belíssima Cléo Pires. Parabéns PLAYBOY! Os marmanjos de plantão agradecem. Ops, não acredito que escrevi isso.

Vem aí a musa da Copa Larissa Riquelme!!!

quarta-feira, agosto 25, 2010

Lembram da BLOSSOM?





Blossom Russo é uma adolescente de 15 anos, muito inteligente e sarcástica, que vive numa casa onde só tem homens e que imagina como seria sua vida, se tivesse uma família mais convencional. Ela mora com seu pai, Nick, um músico amador que faz o possível para ser um exemplo para os filhos, e seus irmãos mais velhos Anthony e Joey. Sua mãe deixou a família para realizar o sonho de ser cantora em Paris, para onde Blossom sonha em ir visitá-la. A série acompanhou a personagem principal desde o começo da sua adolescência, passando por o seu namoro com Vinnie, o reencontro com a mãe, até as tomadas de decisões que ela e sua melhor amiga Six precisaram fazer ao escolher em que faculdade estudar. A série fez grande sucesso no Brasil enquanto foi exibida no SBT, alcançando excelente repercussão no país.

A seguir, um episódio completo da série:

terça-feira, agosto 24, 2010

Humor

Há menos de dois meses um novo integrante faz parte do programa humorístico Pânico na TV, do canal RedeTV! Trata-se do Ursinho Gente Fina, interpretado pelo ator/comediante Eduardo Sterbitch. Divertidíssimo, até perder a graça. Mas ainda está valendo!

Pesquisando pelos blogs vizinhos, encontrei o Ozknews e segundo o mesmo o quadro teria sido inspirado em uma atração da TV inglesa.  Exibido pelo Channel 4 entre 2002 e 2004, o programa “Bo’Selecta” tinha, entre seus quadros, um urso muito parecido com o da RedeTV!. A diferença é que, em vez de tocar bongô, o personagem recebia convidados.

terça-feira, agosto 17, 2010

Dupla dinâmica







É de conhecimento de todos que gosto da atual novela das oito da GLOBO, Passione, mas acreditem, não vejo a hora que a mesma termine. Explico: vem aí a nova novela do tio Gilberto Braga e com a maravilhosa Gloria Pires no elenco. Juntos! Gilberto assina inúmeros sucessos, e o que não foi sucesso de audiência, não o foi sabe se lá porquê, pois não lembro de tê-lo visto criando uma má história. E o que dizer de Gloria Pires? Se é mocinha a amamos, se é vilã aprendemos a odiá-la, na comédia rimos, e no drama, choramos! Gloria como atriz saboreia cada personagem com a mesma vontade que matamos a fome, com muita intensidade. É sem nenhuma dúvida a melhor atriz do país, uma Meryl Streep numa versão ainda melhor, se é que é possível. 


Vem janeiro, vem Gilberto, vem Glorinha... 

Gloria fez muitas novelas de Gilberto, e O DONO DO MUNDO foi uma delas, reveja uma cena:

segunda-feira, agosto 16, 2010

JN e os candidatos à presidência



Eleitor, vale a pena conferir!

TV GLOBO acerta a mão!

Muito se fala sobre as telenovelas brasileiras. Uns são apaixonados, outros nem tanto, mas todos, todos assistem. É fato consumado! Brasileiro vê novela. E a TV Globo, depois de muito penar, consegue ter em sua programação três boas novelas. 
Às seis da tarde o romantismo é tratado com a mesma delicadeza que uma mulher deve ser tratada. Escrito nas Estrelas aposta num amor que atravessou várias vidas. Viviane, a gata borralheira conquista o príncipe milionário e vira a Cinderela. Todos torcem para um final feliz para a protagonista, tão sofredora quanto toda mocinha que se preze em novelas. Pulando para às nove da noite temos Passione. Ao contrário de Viver a vida, sua antecessora, a atual novela das oito (ou nove!) é um primor. Discute temas polêmicos com muita intensidade e cuidado, tem bom enredo e aposta na comédia. Passione deve passar por uma reviravolta nos próximos capítulos. Uma série de assassinatos estão previstas, o que deverá impulsionar ainda mais o bom enredo. 
Mas é as sete da noite que está o melhor folhetim. Não se trata de um remake, até porque a autora Maria Adelaide Amaral usou de outras tramas do saudoso Cassiano Gabus Mendes para alavancar a audiência, mas o fato é que Ti-ti-ti é um fenômeno. Comédia pastelão, romance, e dá-lhe mais comédia, bem ao estilo do horário, a nova novela das sete já virou mania. Não se fala em outra coisa senão em Ti-ti-ti. É um ti-ti-ti pra cá, outro ti-ti-ti pra lá. O slogan da emissora vem funcionando bem: todos nós nos vemos na Globo. PLIM-PLIM!!!

P.S.: A mesma Globo peca nas escolhas do Vale a pena ver de novo. Se se concretizar que a escolhida para substituir a fraca Sinhá Moça for mesmo Sete Pecados, meus caros, demitam quem for o responsável por esse setor. Como? Usando o bom e velho controle remoto! 

SÉRIES & ETC...


Séries. 





A TV aberta, no final do último ano, parecia ter se rendido a esse maravilhoso produto. Tivemos boas pedidas. Mas agora, partindo para a reta final de 2010, os enlatados perderam força na TV. A própria GLOBO (sempre avessa à enlatados) vinha nos presenteando com ótimos produtos. Uma ´nova velha série´não terminada foi Prison Break, apresentada pela emissora do PLIM-PLIM no começo de 2009. Sucesso de crítica e público, o seriado teve apenas duas temporadas exibidas e deixou saudade. SBT, Record, Band acordam! Se a Globo insiste em segurá-la na gaveta, parte da concorrência essa iniciativa. Volta Prison Break!

Resumo de todas as temporadas:
http://videos.sapo.pt/EZhHI0OSiULZALEhGFnN
Vale a pena conferir!

Mania Nacional

O que é Cláudia Raia na pele da atrapalhada Jaqueline de Ti-ti-ti? O melhor texto foi dado a atriz nos primeiros capítulos da nova novela das sete e adivinhem? Claudia Raia pinta e borda em cena, o país está a seus pés. Todo mundo ama a Jaqueline, em todos os sentidos. Cláudia vem de uma série de bons personagens seguidos, a exemplos de Safira (novela Belíssima) e Donatela (novela A Favorita), mas em Ti-ti-ti (Maria Adelaide Amaral), a dona das pernas mais bonitas da TV está um frescor. Palmas para a atriz. Bravo, bravíssimo! E para não perder o hábito, mais Claudia Raia direto do YouTube! Confiram...


Ria muito, ria sempre, ria todo dia... ria quando estiver alegre, quando estiver cansado, triste, sozinho, acompanhado... ria alto, ria baixo, ria escondido, ria envergonhado... ria de si, ria de mim, do outro, da vida... ria enquanto estiver no trânsito, no escritório, na rua, em casa, na fila... ria com seus filhos, vizinhos, amigos, amores... ria às gargalhadas... ria de mansinho... ria forte, ria fraquinho... o riso é leve, é solto, alegre, bem-vindo!

sábado, agosto 14, 2010

A turma do Chaves


Gente, perdoe-me minha ignorância e ou/ pobreza, mas estou sem SBT aqui em casa. Ainda passa o Chaves? Saudades da turminha que vive na vila. Chaves é unânime, sua simplicidade atravessou gerações e ainda encanta, anima, emociona. Aquele Chaves, Chaves, Chaves, ô musiquinha boa, remete ao humor ingênuo, bobo, divertidíssimo. O Rá-rá-rá do Quico, o buá-buá da Chiquinha, os tapas de Dona Florinda no pacato Seu Madruga, o pipipi do personagem principal, tudo é simplório e rico, muito rico! Quem nunca chamou sua vizinha chata, aquela que não deixa ninguém jogar bola no pátio de bruxa. Bruxa do 71!!! Quem nunca copiou as piadas dessa turminha? Fulano de tal é como seu Madruga... Por que? Sempre que vai pedir emprego, torce para que não o admitam! Rsrsrs... Ou, entre, aceite uma xícara de café? Tá!Tá! Tá! Chega! Vejam um vídeo, matam a saudade comigo, ou apenas revejam, sim, Chaves sempre vale a pena quando a alma não é pequena. 

quinta-feira, agosto 12, 2010

Charles Chaplin

Quer descontrair? Fácil, vá até o YouTube e pesquise: Charles Chaplin.